fbpx

Quanto mais pelada… melhor (1979)

Sinopse

Artur, um fotógrafo cinquentão, viaja para Cabo Frio em companhia de Beth, uma modelo com quem está fazendo fotos para um calendário erótico. Sofia, telefonista do hotel onde Beth e Arthur se hospedam, ambiciona ser artista. Ao saber que Arthur é fotógrafo começa a perseguí-lo. Um diretor cinematográfico chega à cidade para dar início a mais um filme. Um dos atores convidados, Carlos, é namorado de Sofia, a telefonista que quer ser atriz. Sandra, mãe de Carlos, conhece o diretor há muito tempo. Beth e Sofia, pensando em suas carreiras artísticas, se entregam ao diretor. A mulher de Arthur chega ao local das filmagens e começa a recriminar o comportamento do marido e do diretor do filme. Sem solução para o roteiro, diretor e atores decidem terminar o filme com uma grande ciranda ao som da mensagem de paz e amor. Filme non sense, paródia de 8 ½ de Fellini.

Elenco

Villar, Milton (Artur)
Andréa, Elena (Beth)
Pesce, Petty (Sofia)
Carvalhinho (Diretor)
Blair, Brigitte (Dalila)
Manaus, Cezar (Carlos)
Barroso, Jotta (Gerente)
Caldeira, Flávio (Boy)
Menezes, Sandra (Lidia)
Marques, Gilberto (Maquiador)
Ismar Porto …. Daniel

Apresentando:
Vieira, Meiry(Sandra)

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Quanto mais pelada… melhor (1979) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Ismar Porto
Argumento: Ismar Porto
Roteiro: Ismar Porto
Assistência de direção: Vieira, Adalberto
Continuidade: Menezes, Sandra
Produção: Rech, Ângelo Nolcy e Ismar Porto
Direção de produção: Pinto Jr., Francisco de Paula (Kiko)
Direção de fotografia: Almeida, José de
Câmera: Almeida, José de
Assistência de câmera: Silva, Caio
Fotografia de cena: Alves, Wilson
Eletricista: Wedmilson; Arthur; Alves, Edson
Direção de som: Mello, Roberto; Motta, Onélio
Sonografia: Nelsom
Efeitos sonoros: Cesar, Antonio
Montagem: Ismar Porto
Figurinos: Vieira, Adalberto
Cenografia: Vieira, Adalberto
Maquiagem: Marques, Gilberto
Costureira: Souza, Alice Teixeira de
Música: Ismar Porto
Companhia Produtora: Roma Filmes
Companhias Distribuidoras: Roma Filmes | Produfilmes

Bibliografia

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
Guia de Filmes, 79
O Estado de S. Paulo, 19.09.1979
CB/Ficha Filmográfica
ALSN/DFB-LM
Press-release

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Quanto mais pelada… melhor. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/quanto-mais-pelada-melhor/

Observações:

CB/Transcrição de letreiros informa: na marcação de luz a data 10.04.84. Marca de borda indica 1978 como o ano de produção da película.
ALSN/DFB-LM grafa alguns nomes do elenco Meire Vieira, Milton Vilar, Helena Andrea, César Manaus e Jota Barroso.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.