fbpx

Quelé do Pajeú (1969)

Sinopse

FOTO Quele do PajeuClemente Celidônio, mais conhecido como Quelemente, toca a boiada rumo à sua casa, em Pajeú das Flores, Pernambuco. Ao chegar, encontra a tragédia na família: Marizolina, sua irmã, fora violentada por um desconhecido. Sedento de vingança, Quelemente sai em busca do homem de quem Marizolina guardara dois detalhes: uma cicatriz no rosto e a falta de um dedo. Para esta busca, uma longa jornada, durante a qual viverá Quelemente muitas aventuras e conhecerá Maria do Carmo, que por ele se apaixona. Quando do Carmo já esperava criança sua, aparece Cesídio, o homem com as características do malfeitor. Na luta para deter Cesídio, Quelemente mata um soldado, o que o torna um perseguido pela justiça. Em dramática caminhada, Quelemente leva Cesídio e o Padre para sua casa, onde obrigará o sedutor a casar-se com Marizolina e ele próprio com do Carmo, iniciando logo após com o primeiro, uma luta de morte, interrompida pela chegada da polícia, que vem ao seu encalço. Quando as esperanças de sobrevivência são poucas frente ao cerco da volante, chega o Bando de Lampião, que dispara os policiais. Quelemente ingressa no Bando, batizado por Lampião como Quelé do Pajeú, um bravo. Do Carmo morre de vítima das balas da volante e Quelé, movido pela fúria de vingança, se integra definitivamente no cangaço.

Elenco

Tarcísio Meira …. Clemente Celidônio, o Quelé
Ghessa, Rossana (Maria do Carmo)
Jece Valadão …. Cesídio da Costa
Sérgio Hingst …. Padre
Cristina, Izabel (Maria Rita)
Meirelles, Luiz Alberto (Lampião)
Vergueiro, Elizângela (Marizolina, irmã de Quelé)
Esbano, Anita (Mãe de Quelé)
Simplício (Zé poeta)
Ravina (Maria Bonita)
Karam, Jorge (Cangaceiro Zoroastro)
Gracco, Mauricio (Josué)
Paris, Regina D. (Noiva de Cesídio)
Nhô Juca (Barbeiro)
Tuca
Ferreira, Pedro
Morais, Alcindo Rodrigues de
Scalise, Duílio
Silveira, Ivo Adair
Ferreira, Francisco Genésio
Ricciardi, José
Cabral, Carlinhos

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Quelé do Pajeú que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Anselmo Duarte e Osvaldo Oliveira
Argumento: Barreto, Lima
Roteiro: Anselmo Duarte e Barreto, Lima
Produção: Silva, Ruy Pereira da; Fonseca, Carlos; Goulart, Rodrigo; Coimbra, Arnaldo Arêas; Freitas, Eduardo Pires; Sued, Ibrahim
Produção executiva: Fonseca, Carlos
Gerente de produção: Roccaanelli, Leonardo; Ricci, Sergio
Direção de fotografia: Rosa, José
Assistência de fotografia: Rosa, Edson
Montagem: Renoldi, Silvio
Cenografia: Oliveira, Osvaldo
Música: Campos, Marconi; Accioly, Hilton; Barros Filho, Théo de
Direção musical: Trio Maraiá
Companhia(s) produtora(s): Procine Produtora Cinematográfica; Columbia Pictures of Brazil; Arro Filmes
Companhia(s) distribuidora(s): Companhia Cinematográfica de Filmes Brasileiros

Galeria

Prêmios

Prêmio Coruja de Ouro de Melhor Edição para Renoldi, Sylvio e Nono lugar no concurso Os Doze Melhores Filmes do Ano do INC – Instituto Nacional de Cinema, 1970, RJ.

Bibliografia

Fontes utilizadas:
Guia de Filmes, 26
ALSN/DFB-LM

Fontes consultadas:
ACPJ/II

Observações:
O gênero do filme foi apontado por ALSN/DFB-LM.

Livros:

BARRETO, Lima. Qualé do Pajeú. : , .

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

2 comentários sobre “Quelé do Pajeú (1969)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.