fbpx

Raoni (1978)

Sinopse

POSTER RaoniNa região amazônica, perto das cachoeiras de Von Martius, situa-se o Parque Nacional do Xingu. Para lá várias tribos indígenas foram transferidas no decorrer dos últimos trinta anos, tentando evitar o crescente extermínio promovido pelos brancos. Mas, mesmo protegido por decreto federal, o Parque sofre constantes invasões de grileiros, caçadores e madeireiros, inconformados com a presença de índios na região. Na aldeia dos índios Mekronotis, onde Raoni é o cacique, chega a notícia de que mais uma vez tratores penetram na floresta, invadindo as fronteiras da reserva indígena. Minh, o cacique de guerra quer lutar.

O presidente da Fundação Nacional do Índio (FUNAI) promete a demarcação das terras. Desconfiado, Raoni vem a São Paulo e se aconselha com Cláudio Villas-Boas, o grande protetor dos índios. Visita uma favela formada por índios guaranis e volta para sua tribo, relatando ao seu povo o que ele viu e sentiu em suas viagens.

Elenco

Clive Kelly …. Homem branco
Cacique Raoni
General Ismarth de Oliveira
Cláudio Villas-Boas
Cacique Minh

Narração:
Paulo César Pereio
Jacques Périn
Marlon Brando

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Raoni que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Jean-Pierre Dutilleux e Luiz Carlos Saldanha
Produção: Pierre Louis Saguez
Direção de produção: Vânia Monteiro
Produtor associado: Barry Hugh Willians
Assistência de produção: Vânia Monteiro
Roteiro: Jean-Pierre Dutilleux
Autoria do texto de locução: Jean-Pierre Dutilleux
Direção de fotografia: Luiz Carlos Saldanha
Operador de Câmera: Luiz Carlos Saldanha
Assistência de câmera: Bill Leimbach
Fotografia de cena: Bill Leimbach
Som direto: Barry Hugh Willians
Montagem: Vera Freire
Assistente de montagem: Valéria Mauro
Trilha musical: Egberto Gismonti
Companhia Produtora: Pierre Louis Saguez Produções Cinematográficas (Brasil)
Companhias co-produtoras: S.N.D. (França) | Valisa Films (Bélgica)
Companhia distribuidora: Embrafilme – Empresa Brasileira de Filmes

Locação: Parque Nacional do Xingu – AM

Prêmios

:: Melhor Filme, Melhor Fotografia para Saldanha, Luiz Carlos, Melhor Trilha Sonora para Gismonti, Egberto e Melhor Montagem para Freire, Vera no Festival de Gramado, 7, 1979, Gramado, RS.;
:: Melhor Documentário no Festival Internacional de Cinema de São Francisco, 26, 1983, Califórnia – US.

Bibliografia

Fontes de Referência

Fontes utilizadas:
Material examinado
Guia de Filmes, 79
Jornal do Brasil, 23.04.1979
O Estado de S. Paulo, 20.08.1979

Fontes consultadas:
JCR/IBC
ALSN/DFB-LM
Press-book
CA/AF

Observações:
As narrações de Jacques Périn e Marlon Brando são respectivamente das versões francesa e inglesa.
Indicado para Oscar de Melhor Documentário.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.