fbpx

Raquel Valadares

Biografia

FOTO Raquel ValadaresRaquel Valadares é uma cineasta, roteirista e produtora brasileira. Formada em Cinema pela Universidade Federal Fluminense (UFF), é sócia-diretora da produtora Anima Lucis. É Filha caçula de Anísio Campos, um dos maiores designers de carros do país.

Desde 2008, trabalha no mercado audiovisual como assistente de direção, pesquisadora e diretora. Sua estreia na direção se deu com o documentário Corpo de Bollywood, O Povo Quer Cinema (2007), filmado integralmente na Índia, sobre a relação especial do povo indiano com o cinema popular indiano. Dirigiu também o making of do longa-metragem Faroeste Caboclo (2011), produzido pela Gávea Filmes, República Pureza e Fogo Cerrado, e a série documental Globo Educação (2013), produzida pela Pindorama Filmes.

O projeto de Homem-Carro surgiu em 2010, logo após o diagnóstico de que seu pai começava a perder a memória. Ao mesmo tempo em que conhecia intimamente alguns dos automóveis projetados por seu pai e compreendia o lugar de respeito e admiração que seu pai ocupava no meio automobilístico, Raquel cresceu vendo muitos dos desenhos de seu pai não saindo da prancheta. Eram os anos 90 e a abertura econômica abrupta do governo Collor destroçou os sonhos de quem, como Anísio, trabalhava para erguer uma indústria automobilística genuinamente brasileira.

O trabalho de resgate histórico e de compreensão do processo criativo a partir do levantamento da obra de seu pai tornou-se prioridade, pois não era apenas a memória de seu pai que estava ameaçada, mas a sua própria. Raquel, bem como boa parte da sua geração, desconhecia o passado dos carros especiais brasileiros e de homens, como o seu pai, que se fizeram um só com o automóvel.

Filmografia

:: Filmografia como Diretora ::

2014 :: Homem-Carro
2007 :: Corpo de Bollywood, O Povo Quer Cinema

Bibliografia

Internet:

HOMEM-CARRO – SITE OFICIAL. http://homemcarroofilme.com.br/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.