fbpx

Raul Calhado

Biografia

Raul Calhado é um cineasta, produtor e diretor de fotografia brasileiro nascido em Olímpia (SP) em 1938.

Nos anos 1960, já morando em São Paulo, integra-se ao pessoal de cinema da Boca do Lixo paulistana, particularmente de José Vedovato, de quem se torna muito amigo. Estreia no cinema como câmera no curta Os Caçadores (1962), do Vedovato.

Em 1971, produz, dirige e fotografa seu único longa, O Macabro Dr. Scivano, em parceria com Rosalvo Caçador e Wanderley Silva. Nos anos seguintes desempenha diversas funções, em diversos filmes produzidos na Boca, como câmera em Tem Piranha no Garimpo (1978), de José Vedovato, montador em O Porão das Condenadas (1979) e O Filho da Prostituta (1981), ambos de Francisco Cavalcanti, etc.

Entre 1978 e 1981, fotografa diversos documentários para Edson Seretti, em obediência a lei do curta, que abriu novo mercado de trabalho para os profissionais do cinema.

Filmografia

1970-Um Domingo à Tarde (CM) (cofot. Carlos J.Muti); 1971-O Macabro Dr. Scivano (dir., fot.) (codir. Rosalvo Caçador e cofot. Wanderley Silva); 1977-O Poder do Desejo (Na Terra Onde Meu Desejo é Lei); 1978-O Canto de Amor da Mãe Madeira (CM) (fot.); 1979-Aves Pernaltas Brasileiras (CM) (fot.); Ofícios Brasileiros (CM) (fot.); Réptil Rastejante (CM) (fot.); Verde é o Milagre (CM) (dir., fot.); 1981-Meditando (CM) (fot.); O Mel do Progresso (CM) (fot.); Senhor dos Passos (CM).

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.