fbpx

Raul Seixas (1945-1989)

Biografia

Raul dos Santos Seixas, em arte conhecido como Raul Seixas, foi um cantor, compositor e músico brasileiro nascido em Salvador (BA) no dia 28 de junho de 1945.

Em 1957, aos 12 anos, formou o grupo Raulzito e Seus Panteras. Raulzito era o crooner da banda, imitando o astro americano Elvis Presley.

Nos anos 1960, já era bastante conhecido em Salvador, inclusive como compositor também. Em 1967, foi para o Rio de Janeiro, mas só seria percebido em 1972, quando canta Let me Sing, Let me Sing, no VII Festival Internacional da Canção.

Em 1973, estourou com Ouro de Tolo, passando a fazer parte do primeiro time da MPB e foi parceiro musical de Paulo Coelho, hoje um dos mais famosos escritores brasileiros.

No cinema, participou de um único filme, o longa Ritmo Alucinante (1976).

Foi casado por três vezes e teve três filhas, uma com cada esposa. Com Edith Wisner (1967-1974), teve Simone Andréa Wisner Seixas, nascida em 1970; com Glória Vaquer (1975-1978), teve Scarlet Vaquer Seixas, nascida em 1976; e com Ângela Affonso Costa (Kika Seixas) (1980-1985), teve Vivian Costa Seixas, nascida em 1981.

Faleceu prematuramente, em 21 de agosto de 1989, de cirrose hepática, aos 44 anos de idade, em São Paulo, tornando-se um mito após a morte, vendendo muito mais discos do que em vida. Suas músicas são sempre relembradas e seu nome é ainda cultuado por todo o Brasil.

Filmografia

1976 :: Ritmo Alucinante

Bibliografia

Livros:

MEDEIROS, Jotabê. Raul Seixas: não diga que a canção está perdida. : , .
MINUANO, Carlos. Raul Seixas: por trás das Canções. : Best Seller, .
PASSOS, Sylvio. Raul Seixas por ele mesmo. : Martin Claret, 2003.
SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.
SOUZA, Isaac Soares de. Dossiê Raul Seixas. : Universo dos Livros, 2011.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Raul Seixas. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/raul-seixas/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.