fbpx

Rebelião em Vila Rica (1958)

Sinopse

Decorridos quase dois séculos da Inconfidência Mineira, na mesma cidade onde ocorreu o famigerado evento, um grupo de estudantes rebela-se contra a tentativa de fechamento do parque metalúrgico e a transferência da Escola de Minas e Metalurgia de Ouro Preto para outra cidade. O líder da rebelião é Xavier e seus companheiros são Maciel, Gonzaga, Cláudio, Alvarenga, Silvério e Francisco de Paula, assim como Marília, Rosalia, Bárbara, entre tantos outros. O diretor da faculdade, Luis Antonio Furtado de Castro, decreta o aumento das anuidades e a cobrança dos atrasados devidos pelos estudantes. Seus atos provocam uma onda de revolta em Ouro Preto e a tentativa de invasão da escola pelos universitários. Em meio à greve, Silvério é detido pelo novo diretor no gabinete deste quando falsificava as próprias notas escolares. Ameançando-o com a expulsão, Furtado consegue a traição do aluno, que delata os companheiros. Os líderes são detidos e Xavier é sacrificado quando tenta escapar. Com a morte do rapaz, toda a cidade comparece à sua missa fúnebre, inclusive o diretor Furtado que, sensibilizado e arrependido, se transfere para o Rio de Janeiro, cancela a transferência da escola e pede o perdão de Rosária, a namorada de Xavier.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Rebelião em Vila Rica que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Geraldo Santos Pereira e Renato Santos Pereira
Roteiro:
Produção Executiva:
Direção de Fotografia:
Direção de Produção:
Montagem:
Direção de Arte:
Figurino:
Música:
Edição de Som:
Artes Gráficas:
Empresa Produtora: Vera Cruz
Distribuidora:

Bibliografia

Fontes de Referência

Livros:

RAMOS, Fernão Pessoa (org.). História do cinema brasileiro. São Paulo: Art Editora, 1981.

_________; MIRANDA, Luiz Felipe A. de. (Org.). Enciclopédia do cinema brasileiro. São Paulo: Senac São Paulo, 2000.

SILVA NETO, Antônio Leão da. Dicionário de Filmes Brasileiros: longa-metragem. São Paulo, Ed. do Autor, 2002.

Jornais e Periódicos:

Jornal Diário Mercantil
Jornal Diário Regional
Jornal do Brasil
Jornal do Comércio
Jornal O Dia
Jornal O Globo
Jornal O Pharol
Jornal Panorama
Jornal Tribuna da Tarde
Jornal Tribuna de Minas

Sites na Internet:

http://www.ancine.gov.br/ – Agência Nacional do Cinema – Brasil
http://www.cinemateca.org.br/ – Cinemateca Brasileira – Brasil
http://www.cinemabrasileiro.net – Cinema Brasileiro – Brasil
http://www.cinemateca.gov.br – Cinemateca Brasileira – Brasil
http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br – História do Cinema Brasileiro – Brasil

Instituições Consultadas:

Arquivo da Cinemateca Brasileira
Arquivo Histórico da Universidade Federal de Juiz de Fora
Biblioteca da Universidade Federal de Juiz de Fora
Biblioteca da Universidade Salgado de Oliveira de Juiz de Fora

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Rebelião em Vila Rica (1958)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.