fbpx

Rodolfo Ancona Lopez

Biografia

Rodolfo Ancona Lopez, conhecido no meio cinematográfico como Ruda, é um diretor de fotografia nascido em São Paulo (SP) em 09 de junho de 1962. Formou-se em Comunicação Social pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), em 1983.

Particularmente interessado em fotografia, realiza vários cursos de especialização como Curso Básico de Ampliação e Processamento, em 1985 pela Kodak, O Tratamento das Cores na Fotografia Cinematográfica, workshop com o fotógrafo norte-americano John Bailey, em L’Aquilla, Itália, entre muitos outros. De 1980 a 1986 trabalha como fotógrafo laboratorista autônomo, prestando serviços para diversas agências de publicidade. Em 1982 dirige seu primeiro filme, o curta Game Over, rodado em Super-8, ainda na FAAP, em parceria com Luciano Zuffo. Em 1988 monta seu próprio estúdio, o Ruda Fotografia, realizando serviços para agências de propaganda, com ênfase na área de hotelaria e turismo. Diretor de Fotografia de filmes publicitários desde 1987, contabilizando mais de 200 comerciais em seu currículo. A partir de 1993 inicia sua carreira acadêmica como professor de fotografia cinematográfica na Faculdade de Comunicação da FAAP. Assina a fotografia de diversos filmes, todos curtas quase sempre premiados como Os Calangos do Boiaçu (1992), de Ricardo Dias e Alma Açoriana (2001), de Penna Filho. É assessor técnico da Cooperativa Cinematográfica italiana La Lanterna Magica, entre 1986 e 1987. Com sede na cidade italiana L’Aquila, esta Cooperativa é responsável pela organização e promoção de cursos técnicos e festivais cinematográficos, assim como pela tutela de um Centro de Pesquisas e produções chamado Instituto Cinematografico Dell’Aquila.

Em 1998, foi organizador e instrutor do workshop de Fotografia Cinematográfica realizado em dezembro de 1998 durante o 1° Festival Ibero Americano de Estudantes de Cinema promovido pelo MIS-SP, FAAP e Kodak. Participa da exposição Ancona/Solsona/Zuffo, mostra coletiva de três fotógrafos realizada no Cinearte, em São Paulo, em 1986 e a mostra individual de dez fotocolagens em preto e branco inspiradas em cenários da capital paulista, em Barcelona, Espanha, em 2005.

Filmografia

1982- Game Over (CM) (dir.) (codir. Luciano Zuffo); 1983-No Vai da Vázea (CM) (dir.); 1985- Momentos de Mar (dir.); 1987- Vozes (CM); 1989Cruzeiros Costas (CM) (dir., fot.); 1992-Squich! (CM); Tempo (CM); Os Calangos do Boiaçu (CM); 1993- Jardim da Luz (CM); 1994- Alva Paixão (CM); 1995- Naturezas Mortas (CM); 1996-Ponte Hercílio Luz: Patrimônio da Humanidade (CM); Victor Meirelles – Quadros da História (CM); 1997-Cobrindo o Céu de Sombras (CM); 1998- Bruxa Viva (CM); 2000-A Caravela (CM) (dir., fot.); Os Irmãos Willians (CM); 2001- Alma Açoriana (CM); 2004- Brasil, Uma Novela Mexicana (CM); O Número (CM); Sexo Zero (CM) (cofot. Newton Leitão, Thiago Dottori e Isabel Ribeiro); 2005-Pugile (CM).

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Dicionário de Fotógrafos do Cinema Brasileiro. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2011.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.