fbpx

Rodrigo Grota

Rodrigo Souza Grota, em arte conhecido como Rodrigo Grota, é um cineasta, roteirista, diretor de fotografia, escritor, professor e produtor brasileiro nascido no dia 17 de setembro de 1979. Formado em Comunicação Social, habilitação em Jornalismo, é especialista em Filosofia Moderna e Contemporânea, com mestrado e Doutorado em Estudos Literários, cursos realizados na Universidade Estadual de Londrina. É sócio da empresa produtora Kinopus.

Dirigiu 16 filmes e uma série de TV, conquistando mais de 70 prêmios entre festivais nacionais e internacionais, incluindo 13 premiações apenas no Festival de Gramado. Entre os seus filmes, destaque para a Trilogia do Esquecimento (Satori Uso, Booker Pittman, Haruo Ohara), série lançada em DVD e Blu-Ray e que em 2014 foi exibida em Sessão Especial na Cinemateca Francesa.

Seus filmes foram exibidos em 14 países (EUA, Canadá, México, França, Inglaterra, Rússia, Portugal, Espanha, Polônia, Grécia, Holanda, Japão, Colômbia e Índia), em variados canais de TV (Universal Channel, ESPN, Canal Brasil, TV Cultura, TV Brasil, Canal Curta, TV5 Monde, Rede Globo), além de serem analisados em estudos acadêmicos, incluindo uma publicação da Universidade de Cambridge, na Inglaterra.

Entre 2010 e 2013, Grota realizou um documentário para a série Retratos Brasileiros sobre a obra do cineasta Andrea Tonacci (1944-2016) – o filme estreou no Canal Brasil e posteriormente foi exibido em festivais, em uma retrospectiva do cinema brasileiro na Cinemateca Francesa, além de um festival em homenagem a Tonacci em Portugal. Como professor, ministrou as disciplinas de Direção, Roteiro, Montagem, Interpretação para Cinema e História do Cinema em Oficinas e Cursos de Graduação e Pós-Graduação. Foi também professor de Direção, Roteiro e Montagem em Oficinas Práticas de Curta-Metragem, resultando na produção de mais de 20 curtas em 4 estados: SP, PR, BA e SE.

Foi fundador da Kinoarte, instituto no qual trabalhou por 10 anos (2003-2013) desenvolvendo projetos e coordenando Oficinas e Festivais, como a Mostra Londrina de Cinema, a Mostra Marília de Cinema, a Kinoarte Mostra Curtas, o Kinoclube, e as Oficinas Kinoarte. Idealizador e editor da Revista Taturana (2007-2012), publicação independente especializada em Cinema que contou com 10 edições impressas ao longo de 5 anos e foi duas vezes premiada pelo Edital Pontos de Mídia Livre, do Ministério da Cultura. Curador de mostras dedicadas a Buster Keaton (Caixa Cultural, Sesi), Orson Welles (Sesc), Cinema Londrinense (Sesc), Ingmar Bergman (Sesi), Tennessee Williams (Sesi) e William Shakespeare (Sesi), além de programar os filmes do cineclube Sessão Kinopus (projeto criado em 2015) e de realizar a Dokumenta – Mostra de documentários (2018).

Nos anos de 2014, 2015, 2017, 2018 e 2019, foi professor do Núcleo de Dramaturgia Audiovisual do Sesi Londrina (PR), do qual foi idealizador e Coordenador.

Desde 2015, ao lado de Guilherme Peraro, coordena o projeto Oficinas Kinopus, que oferece cursos de Roteiro, Fotografia, Interpretação e Realização.

Já foi Curador convidado para festivais como Brasília (2009), Gramado (2015), além de ter atuado como Júri: Gramado (2007), Olhar de Cinema (2015), e membro de Comissão de Seleção de Projetos (Proac SP 2013 e 2014).

Em 2003, publicou uma coletânea de contos em parceria com Júlio Tanga. Em 2005, contribuiu com textos para o fotolivro Janelas do Tibagi, de Gabriel Teixeira. Em 2014, contribuiu com textos para o fotolivro Intergalático, de Guilherme Gerais. Em 2016, em parceria com o curador João Pedro Mussato, publicou um livro sobre Buster Keaton.

O seu primeiro longa, Leste Oeste, estreou em maio de 2016 e conquistou prêmios no Brasil, EUA, México e Holanda. No momento, desenvolve projetos para cinema, literatura e teatro. Os longas Isto é um Assalto e Sertão de Sangue estão em fase de Desenvolvimento com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).

Na televisão, Rodrigo Grota foi roteirista da série de TV documental Brincando com a Ciência! (TV Cultura, TV Brasil). Em 2017, dirigiu a série de TV ficcional Super Família.

Em 2019, dirigiu o curta-metragem Pequenos Delitos, também escrito por Roberta Takamatsu e contemplado no edital da Secretaria de Estado da Cultura do Paraná. Para tv, também dirigiu o projeto Cientistas Brasileiros, uma série documental formada por cinco episódios (de 52 minutos cada) e a peça de teatro O Homem de Costas, além de lançar o livro Anotações para o Leste.

Entre os seus próximos projetos para cinema estão o longa sci-fi Passagem Secreta, contemplado no edital BO Longa Ficção Infantil do Ministério da Cultura, filme escrito por Roberta Takamatsu, com previsão de estreia para 2020; o documentário Noite e Dia (sobre o escritor Lima Barreto); e o curta-metragem Blackout, estudo inicial para a série Miss Califórnia.

No ano pandêmico de 2020, Rodrigo Grota dirigiu a peça de teatro O Homem de Costas, de sua autoria.

Em 2021, Grota irá dirigir o seu quarto longa-metragem: o filme experimental O Homem Crocodilo, um estudo sobre o inconsciente estético em Arrigo Barnabé.

2020 :: Pequenos Delitos, 24 min, fic, 2K/DCP
2019 :: A Primeira Manhã, 16 min, 4K
2019 :: A Última Noite, 14 min, 4K
2019 :: Passagem Secreta, longa, fic (pós-produção/SAv/MinC 02/2015)
2019 :: Super Família (TV) 338 min, fic, HD
2019 :: Instruções para Abertura do Segredo, 20 min, exp, HD/DCP
2018 :: Isto (não) é um Assalto, 100 min, HD/DCP
2016 :: Leste Oeste
2014 :: O Nadador – A História de Tetsuo Okamoto, 26 min, HD/DCP
2014 :: Jardim Tókio, 15 min, HD/DCP
2013 :: O Castelo, 15 min, HD/DCP
2013 :: Andrea Tonacci, 25 min, HD
2011 :: Celeste, 3 min, Super-8mm/HD
2010 :: Haruo Ohara, 16 min, 35mm/HD/DCP
2008 :: Booker Pittman, 15 min, 35mm
2007 :: Satori Uso
2006 :: O Quinto Postulado, 15 min, Digital
2005 :: Inimigo Público nº 1, 46 min, Digital
2004 :: Londrina em Três Movimentos, 15 min, Digital

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Rodrigo Grota. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/rodrigo-grota/
RODRIGO GROTA – SITE OFICIAL. Disponível no endereço: http://rodrigogrota.com/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]