fbpx

Rubens de Falco (1931-2008)

Biografia

Rubens de Falco da Costa, em arte conhecido como Rubens de Falco, foi um ator brasileiro nascido em São Paulo no dia 19 de outubro de 1931. Faleceu em São Paulo no dia 22 de fevereiro de 2008.

No início da carreira, em 1955, participou das atividades dos jograis em São Paulo, ao lado de nomes como Armando Bogus, Rui Afonso, Italo Rossi e Felipe Wagner.

De marcantes atuações no teatro (tendo participado, dentre outras peças, da montagem original de Os Ossos do Barão, de Jorge Andrade, em 1963 no Teatro Brasileiro de Comédia), Rubens foi ter o grande reconhecimento de crítica e público ao começar a atuar na televisão, sendo frequentemente escalado para papéis em telenovelas.

Fez parte do elenco das últimas novelas levadas ao ar pelas TVs Tupi e Manchete: Drácula e Brida, respectivamente.

Leôncio, o senhor algoz da personagem-título de Escrava Isaura, um dos maiores vilões da teledramaturgia brasileira, é considerado o maior papel de Rubens na TV.

Nesse mesmo veículo, Rubens protagonizou por duas vezes o papel de imperador – Maximiliano em A Rainha Louca (1967), e Francisco José em A Última Valsa (1969) -, além de outras personagens de sucesso como o misterioso Agenor em O Grito (1975); Samir Hayala em O Astro (1978); Roberto Steen, o protagonista masculino de A Sucessora (1978); o poderoso Daniel em Gaivotas (1979) e o Barão de Araruna na primeira versão da novela Sinhá Moça (1986).

Recentemente, participou da regravação de A Escrava Isaura na Rede Record, desta vez no papel de Comendador Almeida, pai de Leôncio.

Em outubro de 2006, sofreu um acidente vascular cerebral. Em virtude de problemas decorrentes deste AVC, o ator esteve internado de outubro de 2006 a 22 de fevereiro de 2008, no Centro Integrado de Atendimento ao Idoso (CIAI), em São Paulo, quando faleceu vítima de um ataque cardíaco, decorrente de uma embolia, aos 76 anos de idade.

Filmografia

2008 :: Fim da linha …. Congressman Ernesto
2001 :: Sonhos tropicais
1995 :: O Monge e a Filha do Carrasco
1985 :: Un hombre de éxito …. Iriarte
1984 :: Macho y hembra …. Vicente
1981 :: Pixote, a lei do mais fraco …. Juiz
1985 :: Na hora Texaco
1980 :: A Dama de Branco
1979 :: Os foragidos da violência
1977 :: Coronel Delmiro Gouveia …. Coronel Delmiro Gouveia
1977 :: Esse Rio muito louco
1976 :: O homem da cabeça de ouro
1976 :: O sósia da morte …. Narciso
1975 :: Nós, os canalhas
1975 :: Deixa amorzinho… deixa
1974 :: O mau caráter
1973 :: Café na cama …. Flávio
1972 :: Missão: matar …. John Dorcas
1972 :: A difícil vida fácil …. Ricardo
1971 :: Uma Pantera em minha cama
1970 :: Anjos e Demônios
1970 :: O impossível acontece
1969 :: Tempo de Violência
1968 :: O homem que comprou o mundo
1966 :: Essa gatinha é minha
1966 :: Engraçadinha — Depois dos trinta
1959 :: Moral em concordata …. (Narração)
1958 :: O pão que o diabo amassou
1958 :: O Capanga
1954 :: Floradas na serra
1953 :: Esquina da ilusão
1952 :: Appassionata

Bibliografia

Fontes de Referência

Livros:

LICIA, Nydia. Rubens de Falco: um internacional ator brasileiro. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo / Fundação Padre Anchieta, 2005.

Internet:

FIMEB. http://www.filmeb.com.br/.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

2 comentários sobre “Rubens de Falco (1931-2008)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.