fbpx

Rubens Ewald Filho (1945-2019)

Biografia

Rubens Ewald Filho foi um cineasta, crítico de cinema, roteirista, apresentador de televisão, ator, diretor de teatro brasileiro nascido em Santos (SP) no dia 07 de março de 1945.

Com mais de quarenta anos de profissão, Rubens é um pioneiro na imprensa brasileira. Foi o primeiro a escrever sobre filmes na TV, sobre vídeo, depois sobre DVD. Foi o primeiro crítico a trabalhar numa televisão por assinatura (a Showtime da TVA, depois virou diretor de programação e produção da HBO Brasil, esteve uma temporada no Telecine e atualmente está no programa TNT Mais Filme, em sua terceira temporada e também na Band apresentando longa-metragens).

Também fez cinema como ator e roteirista, escreveu telenovelas (a mais premiada foi Éramos Seis, em parceria com Silvio de Abreu, em duas versões na Tupi e no SBT) e atualmente é diretor teatral em sucessos como Querido Mundo, Hamlet Gashô, O Amante de Lady Chatterley, Doce Veneno – Bruna Surfistinha.

Também é conhecido como O Homem do Oscar, depois de comentar dezenas de vezes a festa dos Academy Awards para o Brasil (transmitida pela Globo, SBT, TNT, onde comentava também as festas do Globo de Ouro e SAG). A vigésima quinta vez, em 2010, coincidiu com seu aniversário! Trabalhou nos principais órgãos de imprensa do Brasil (de Veja a O Estado de São Paulo), nas emissoras de televisão (Começou na TV Cultura, ficou 12 anos na Rede Globo, depois Record e Bandeirantes).

Faz comentários no rádio que são distribuídos por todo o Brasil e para a Rádio Jovem Pan em São Paulo. É Consultor do Projeto Paulínia Magia do Cinema/Polo de Cinema e curador do Festival de cinema de Paulínia e do Festival Música no Cinema que acontece em Florianópolis em 2010. Lançou em 2007 o livro O Cinema vai à Mesa, em parceria com Nilu Lebert, pela Edit Melhoramentos (premiado na Inglaterra) e, a seguir, em 2008, Bebendo Estrelas, sobre vinhos e coquetéis. Também é coordenador da Coleção Aplauso da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, que já lançou mais de 170 títulos de resgate e preservação da memória cultural do Brasil.

Em 2009, começou novo desafio fazendo programa semanal ao vivo na Clictv, comentando estreias, fazendo entrevistas e respondendo cartas, pela Internet. Considera seu trabalho mais importante o Dicionário de Cineastas, editado pela primeira vez em 1977 e agora revisado e atualizado, continuando a ser o único de seu gênero no Brasil.

Em setembro de 2009, assinou como blogueiro do novo portal da Record, R7. Informou que o seu perfil no Twitter era fake (foi daqueles criados por agência de publicidade mas fez tanto sucesso que tirou terceiro lugar no concurso para saber qual era o melhor falso!). Mas era ele mesmo que escrevia no perfil Facebook e em três perfis no Orkut.

Rubens Ewald Filho faleceu no dia 19 de junho de 2019. Estava internado no Hospital Samaritano, em São Paulo, desde o final do mês de maio, quando sofreu um infarto e uma queda de uma escada rolante.

Filmografia

:: Filmografia como Ator ::

2006 :: Manual para atropelar cachorro
1982 :: Amor estranho Amor
1972 :: Independência ou Morte
1970 :: As Gatinhas

:: Filmografia como Roteirista ::

1977 :: Elas São do Baralho
1977 :: A Árvore dos Sexos

:: Filmografia como Assistente de Direção ::

1977 :: A Casa das Tentações

Bibliografia

Internet:

JORNAL DO BRASIL. Morre o crítico de cinema Rubens Ewald Filho, aos 74 anos. Disponível no endereço: https://www.jb.com.br/cultura/2019/06/1005855-morre-o-critico-de-cinema-rubens-ewald-filho–aos-74-anos.html
R7.COM. Disponível no endereço: http://noticias.r7.com/blogs/rubens-ewald-filho/.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

2 comentários sobre “Rubens Ewald Filho (1945-2019)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.