fbpx

Rubens Prado

Biografia

Rubens da Silva Prado, em arte mais conhecido como Rubens Prado, é um cineasta e diretor de fotografia brasileiro nascido em São Paulo (SP) em 1945.

Começou a trabalhar nos estúdios de Primo Carbonari com dezesseis anos de idade e por lá aprende a revelar, copiar, montar e sonorizar e por lá permanece até 1972. Paralelamente durante os anos 60 acompanha tudo que acontece na Boca do Lixo, de Mojica a Candeias. Em 1969 produz, dirige e fotografa seu primeiro longa, Gregório 38 e cria um estilo até então pouco explorado, o dos filmes de ação ou faroeste tipo spaghetti italiano, etc, em que também é o protagonista, usando o pseudônimo de Alex Prado. A partir dos anos 80, como quase todos os cineastas da Boca, adere aos filmes eróticos e depois ao explícito, produzindo sem parar, inicialmente em 35mm depois em vídeo direto para as locadoras.

Desde 2002, vem tentando concluir seu novo filme, O Maníaco do Parque, que conta a história do serial killer brasileiro Francisco de Assis Pereira.

Filmografia

1969- Gregório 38 (dir., fot.) (cofot. Alcindo Mondim); 1970-Sangue em Santa Maria (dir., fot.); 1974-Sadismo de Um Matador (dir.); Gregório Volta Para Matar (dir.); 1977-Fuga das Mulheres Desesperadas; 1979-A Vingança do Chico Mineiro (dir.); 1981-Febre do Sexo (dir.); A Pistola Que Elas Gostam (dir.); 1983-Pic-Nic do Sexo (dir., fot.); 1984-Pic-Nic de Bacanais do Quinto Grau (dir.) (codir. Antonio Ribeiro de Andrade); 1985-As Mamadeiras (dir.) (codir. Antonio Ribeiro de Andrade); Experiências Sexuais de Um Cavalo (dir.); 1986-A Vingança Mortal de Um Forasteiro (dir.); O Feitiço do Gavião (dir., fot.); Sexo Erótico na Ilha do Gavião (dir.); 1987-Carnaval Erótico do Ano 2000 (dir.); Comando de Sádicos (dir.); Êxtase Selvagem (dir.); Os Milagres da Fé (dir.); Sadismo de Um Matador Erótico (dir.); 1988-O Gozo da Pistola (dir.); Perseguidores Insaciáveis (dir., fot.) (fot. psd: Alex Mondim Prado); As Meninas do Sexo Selvagem (dir., fot.); 1989-Desejos da Carne Erótica (dir.); Entra e Sai do Prazer (dir.); Gata da Noite (dir.); Kamoa (dir.); Longos Momentos de Prazer (dir.); Marina, a Desejada (dir., fot.); Mulheres Alucinadas (dir.); Primavera do Sexo Explícito (dir., fot.); Sexo Sem Limite (dir.); Sem Malícia (dir.); 1990-A Desejada (dir.); A Inquilina Erótica (dir.); Amor Profano (dir., fot.); As Carinhosas (dir., fot.) (cofot. Alex Foster); Comando Selvagem (dir.); Devaneios Eróticos (dir., fot.); Esquerdinha, o Braço Forte da Lei (dir.); Ladrão Tarado (dir.); Lago da Sacanagem (dir.); Lambada Lambida (dir., fot.); Meu Feliz Aniversário (dir., fot.); Praia do Incesto (dir.); Sítio dos Prazeres (dir.); Tradutora Boa de Língua (dir.); Transando Pelo Rádio (dir.); Visitante Noturna (dir.); 1991-Coca: O Preço de Uma Vida (dir., fot.); Malu, a Desejada (dir.); 1992-As Garotas de Copacabana (fot.); 2002-Maníaco do Parque (inacabado)

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Dicionário de Fotógrafos do Cinema Brasileiro. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2011.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.