fbpx

Sagarana, o Duelo (1973)

Sinopse

POSTER Sagarana o dueloSagarana, o Duelo é um filme brasileiro de 1973, do gênero drama, escrito e dirigido por Paulo Thiago, baseado no conto O Duelo, do livro Sagarana, de João Guimarães Rosa.

Turíbio flagra sua mulher D. Silvana com um amante, caçador de cangaceiros. Turíbio arma tocaia para se vingar, mas acaba matando o homem errado, e quem deve prendê-lo pelo crime é justamente o amante da mulher.

A caçada percorre o sertão, onde vão cruzando com personagens típicos. O Duelo, entretanto, não ocorre no sentido literal da palavra, mas ocorre, sim, um duelo entre o forte e o fraco, visto que que Turíbio (fraco) espera uma oportunidade para matar Cassiano Gomes (forte) e Turíbio é morto por Vinte-e-um (fraco,sendo, agora, Turíbio considerado o forte). Lembrando que Turíbio não consegue matar Cassiano, este morre devido às suas complicações do coração.

Elenco

Joel Barcellos …. Turíbio
Ítala Nandi …. Mariana
Milton Moraes …. Cassiano
Rodolfo Arena …. Exaltino
Ana Maria Magalhães
Paulo César Peréio …. Estradeiro
Zózimo Bulbul …. Demônio
Sadi Cabral …. Habão
Paulo Villaça …. Elias Ruivo
Antônio Carnera
Emmanuel Cavalcanti
Roberto Ferreira
Wilson Grey …. Cigano
Átila Iório …. Titão Passos
Erley José
Luiz Linhares …. Ator de Mambembe
José Marinho
Waldir Onofre
Ruy Polanah
Vinícius Salvatori
Jofre Soares …. Cara de Bronze
Nery Victor
Milton Vilar
Rei Napoleão

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Sagarana, O Duelo (1973) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Paulo Thiago
Estória Baseada no conto de Guimarães Rosa
Assistência de direção: Adnor Pitanga e Carlos Del Pino
Produção executiva: Cláudia Menezes
Gerente de produção: Carlos Alberto Diniz
Direção de som: José Tavares
Efeitos especiais de som: Geraldo José
Montagem: Mário Carneiro
Cenografia: Carmélio Cruz
Desenho de produção: Carmélio Cruz e Rita Parreiras Horta
Vestuário: Carmélio Cruz
Música: Antônio Carlos Jobim e Dori Caymmi
Companhias Produtoras: Paulo Thiago Produções Artísticas Ltda. | Encontro Produções Cinematográficas Ltda.
Companhia Distribuidora: Embrafilme – Empresa Brasileira de Filmes S.A.

Prêmios

Prêmio Coruja de Ouro, 1973 do INC – Instituto Nacional de Cinema, RJ de Melhor Fotografia para Carneiro, Mário e Melhor Ator Coadjuvante para Grey, Wilson.
Melhor Filme Baseado em Obra Literária da Embrafilme..
Menção Honrosa da Academia Cinematográfica de Hollywood, 1974, EUA.

Bibliografia

Fontes utilizadas:
Guia de Filmes, 52/53/54
ALSN/DFB-LM
CB/EMB-110.2-00828

Livros:

ROSA, Guimarães. Sagarana. : , .

Fontes consultadas:
Brasil Cinema, 1973
ACPJ/II

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

4 comentários sobre “Sagarana, o Duelo (1973)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.