fbpx

Salomão Scliar (1925-1991)

Biografia

Salomão Scliar é um cineasta e diretor de fotografia brasileiro nascido em Porto Alegre (RS) em 20 de fevereiro de 1925.

Em 1943, foi para o Rio de Janeiro trabalhar na revista Diretrizes. Ingressou na Atlântida e participa da produção de diversos filmes da companhia como Moleque Tião (1943) e Tristezas Não Pagam Dívidas (1944). Em 1944, produziu, dirigiu e fotografou seu primeiro filme, o curta Homens ao Mar. Em 1948, viajou para Amsterdã, para a cerimônia de coroação da rainha Juliana. Fotos da viagem são publicadas na revista O Globo.

De volta ao Brasil é assistente de fotografia no filme Inconfidência Mineira, de Carmen Santos. Em 1951 produz, dirige e fotografa, por meio de sua produtora, a Horizonte Filmes, Vento Norte, primeiro filme gaúcho de longametragem.

Em São Paulo, trabalhou nos estúdios da Vera-Cruz e Maristela e dirigiu vários curtas coloridos como Bolívia (1956) e Verdes Mares Bravios (1957).

Em 1960, dirigiu seu último filme, o documentário curto A História de Um Povo. A partir de então, passa a trabalhar como editor de livros.

Faleceu em 15 de fevereiro de 1991, em Porto Alegre, aos 65 anos de idade.

Filmografia

:: Filmografia como Diretor ::

1960 – A História de Um Povo (CM) (dir, fot)
1957 :: Museu de Arte de São Paulo (CM) (dir, fot)
1957 – Verdes Mares Bravios (CM) (dir, fot)
1956 – Bolívia (CM) (dir)
1954 – Problemas de Uma Cidade (CM) (dir)
1951 :: Vento Norte
1944 – Homens do Mar (Enterro do Pescador) (CM) (dir)

:: Filmografia como Diretor de Fotografia ::

1960 – A História de Um Povo (CM) (dir, fot)
1957 :: Museu de Arte de São Paulo (CM) (dir, fot) (cofot. Honório Marin)
1957 – Verdes Mares Bravios (CM) (dir, fot)
1951 :: Vento Norte

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Dicionário de Fotógrafos do Cinema Brasileiro. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2011.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.