fbpx

Sérgio Sá Leitão

Biografia

Sérgio Sá Leitão é um cineasta e gestor público brasileiro. Formado em Jornalismo pela UFRJ, tem pós-graduação em Políticas Públicas pela USP e em Marketing pelo Ibmec.

Jornalista de formação, desde 2003 vem trabalhando em cargos públicos ligados ao Ministério da Cultura. Foi Presidente da RioFilme, entre 2007 e 2008 trabalhou na Agência Nacional do Cinema como assessor da presidência e, logo após, como diretor. Entre 2003 e 2006, foi Chefe de Gabinete do Ministro da Cultura, na gestão de Gilberto Gil; e Secretário de Políticas Culturais do Ministério da Cultura, onde coordenou programas como o Música do Brasil, CulturaPrev e os programas de Economia da Cultura.

Em maio de 2006, foi nomeado Assessor da Presidência do BNDES, onde foi um dos responsáveis pela criação do Departamento de Economia da Cultura e do Programa de Apoio à Cadeia Produtiva do Audiovisual, o Procult, programa com linhas de financiamento para a cadeia produtiva do audiovisual. Em 2007, foi nomeado assessor de diretoria da ANCINE e no ano seguinte passou a diretor da Agência. Em janeiro de 2008 deixou o cargo para presidir a RioFilme. Recentemente, foi diretor da produtora Escarlate e do Cine Odeon, no Rio de Janeiro.

Antes de entrar na carreira pública, Sérgio Sá Leitão foi repórter, editor e colunista no Jornal do Brasil, na Folha de São Paulo e no Jornal dos Sports. Editou cinco livros, produziu e apresentou programas de rádio, colaborou com diversos jornais e revistas e fez roteiros de comerciais de TV.

Também foi assessor de comunicação da Fundação OndAzul, ONG ambientalista criada por Gilberto Gil. Dirigiu o documentário We Belong e o curta de ficção Mãos, além de vídeo-clipes, comerciais e vídeos institucionais. Foi sócio de Jair de Souza na agência de comunicação integrada 20/01. Também foi diretor da distribuidora Vereda Filmes e atuou como consultor especializado em audiovisual e entretenimento, com projetos desenvolvidos para IBM, OAB-RJ, MTV Minas, BMA, entre outros.

Em 11 de abril de 2017, foi aprovada pelo Senado a indicação de Sérgio Sá Leitão para o cargo de Diretor da Agência Nacional do Cinema (ANCINE), afim de ocupar a vaga de Rosana dos Santos Alcântara, cujo mandado de quatro anos terminou em fevereiro de 2017. A sabatina na Comissão de Educação, Cultura e Esporte e a votação em Plenário aconteceram com um saldo de 50 votos favoráveis, quatro contrários e uma abstenção. A aprovação foi comunicada ao Presidente da República Michel Temer.

Filmografia

:: We Belong
:: Mãos

Bibliografia

Internet:

ANCINE. Sérgio Sá Leitão é aprovado pelo Senado para diretoria da ANCINE. Disponível no endereço: https://www.ancine.gov.br/sala-imprensa/noticias/s-rgio-s-leit-o-aprovado-pelo-senado-para-diretoria-da-ancine. Acesso em: 14 de abril de 2017.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Sérgio Sá Leitão

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.