fbpx

Sílvia Lourenço

Biografia

Sílvia Lourenço é uma atriz e roteirista brasileira nascida em São Paulo (SP) em 1976. Estudou Letras na USP e Artes Cênicas no Teatro-Escola Célia Helena.

Começou sua carreira no teatro. Trabalhou por quatro anos no Centro de Pesquisa Teatral, dirigido por Antunes Filho, atuando e escrevendo cenas das três primeiras edições do projeto Prêat-à-Porter. Outras peças destacaram-se em sua trajetória, tais como: Essa Nossa Juventude, dirigida por Laís Bodansky; A Pantera, dirigida por Marco Antônio Brás e “As Meninas”, dirigida por Yara de Novaes.

Estreou no cinema em 2001 no filme Bicho de sete Cabeças. Talento comprovado, passa a ser muito requisitada em difíceis papeis como como protagonista do longa-metragem Contra Todos (2004), de Roberto Moreira. Nele, deu vida à Soninha, a filha de um matador profissional vivendo na periferia de São Paulo. A atuação rendeu-se diversos prêmios nacionais e internacionais, incluindo da APCA, de Melhor Atriz, como nos festivais de Trieste, Cartagena, Festival do Rio, Pará, etc.

Depois atuou em O Cheiro do Ralo (2006), filme dirigido por Heitor Dhália. Atuou como uma viciada Também teve sua atuação reconhecida ganhou o prêmio de melhor atriz da Academia Brasileira de Cinema em 2005.

Outros filmes vieram, como Amor? (2010), do cineasta carioca João Jardim; Quanto Dura o Amor?, dirigido por Roberto Moreira, pelo qual recebe o prêmio de Melhor Atriz no II Festival de Cinema de Paulínia, e O Homem das Multidões (2013), dirigido por Cao Guimarães e Marcelo Gomes.

Seu mais recente trabalho no cinema foi no filme Gosto se Discute (2017), dirigido por André Pellenz.

Na televisão, atuou em diversas minisséries Alice (2008), da HBO; e Grande Sertão: Veredas (2008), como Diadorim; Bipolar, do Canal Brasil; Tudo Novo de Novo, da Rede Globo; Condomínio Jaqueline, da FOX; As Canalhas, da GNT; Felizes Para Sempre? e Os Experientes, ambas da Rede Globo, além de Prata da Casa, do Canal FOX. Pode ser vista no ar na série Assédio, da Rede Globo e Globoplay. Também integrou o elenco da novela Sete Vidas (2015), da Rede Globo.

Filmografia

:: Filmografia como Atriz ::

2018 :: Cano Serrado – Direção Erik de Castro (em Finalização)
2017 :: Depois de Ser Cinza – Direção Eduardo Wannmacher (em fase de Finalização)
2017 :: Gosto se Discute
2015 :: Insubordinados (2015)
2014 :: O Gorila – Direção José Eduardo Belmonte
2013 :: O Homem das Multidões
2010 :: Amor?
2010 :: Fucking Different São Paolo (Brasil/Alemanha)
2010 :: As Doze Estrelas – Direção Luiz Alberto Pereira
2009 :: Quanto Dura o Amor?
2008 :: A Minha Maneira de Estar Sozinho (CM)
2007 :: Querô
2007 :: Não por Acaso
2006 :: O Cheiro do Ralo
2006 :: Faça sua Escolha (CM)
2004 :: Contra Todos
2002 :: Urubuzal (CM)
2001 :: Bicho de sete Cabeças

:: Filmografia como Roteirista ::

2015 :: Insubordinados (2015)

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Sílvia Lourenço. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/silvia-lourenco/
VGI AGENTES. Sílvia Lourenço. Disponível no endereço: http://www.vgiagentes.com.br/ator-impressao/silvialourenco. Acesso em: 16 de junho de 2019.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.