fbpx

Sílvio Caldas (1908-1998)

Biografia

Sílvio Narciso de Figueiredo Caldas, em arte conhecido como Sílvio Caldas, foi um cantor e compositor brasileiro nascido no Rio de Janeiro (RJ) no dia 23 de maio de 1908.

Com seis anos de idade, já cantava num bloco em São Cristóvão (RJ), cujo nome é Família Ideal. Em 1927, vai para a Rádio Mayrink Veiga e em 1928 emplaca seu primeiro sucesso, Faceira, de Ary Barroso, que o considera excelente intérprete. Começou a destacar-se também como compositor, em pérolas como Arranha-Céu e Chão de Estrelas, em parceria com Orestes Barbosa.

Como intérprete, participou de vários filmes, sendo sua estreia em 1934 no filme Carioca Maravilhosa. Recebeu o apelido carinhoso de Caboclinho. É um dos maiores cantores brasileiros de todos os tempos.

Faleceu no dia 03 de fevereiro de 1998, aos 89 anos de idade, em Atibaia (SP), onde viveu recluso os últimos quarenta anos, eventualmente fazendo apresentações em televisão ou participando de shows em sua homenagem.

Filmografia

1934 – Carioca Maravilhosa
1934 :: Favela de meus Amores
1935 – Alô, Alô, Brasil
1940 – Céu Azul
1944 – Tristezas não Pagam Dívidas
1945 – Não Adianta Chorar
1947 – Luz dos meus Olhos

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Sílvio Caldas. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/silvio-caldas/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.