fbpx

Silvio Da-Rin na TV Brasil

O cineasta Silvio Da-Rin é o novo integrante da equipe de gestores da TV Brasil. A partir de agora responderá pela Gerência-Executiva de Articulação Internacional, Aquisições e Licenciamentos, sediada no Rio de Janeiro.

Silvio Da-Rin deixou recentemente a Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura, onde desenvolveu importantes projetos de fomento e incentivo à produção audiovisual para cinema, TV e outras plataformas digitais, alguns deles em parceria com a TV Brasil, tais como AnimaTV, Curta Criança, LongaDoc, DocTV Nacional, DocTV Latino-América, DocTV CPLP e Doc-50 anos de Brasilia.

A unidade chefiada por Da-Rin será responsável por ações de inserção da TV Brasil nos mercados internacionais de televisão, buscando desenvolver parcerias, co-produções e exportação dos produtos da TV Brasil, que está se associando ao programa Brazilian TV Producers, desenvolvido por Apex, ABPI-TV (Associação Brasileira de Produtores Independentes para Televisão) e SAV-Minc. À gerência-executiva caberá, ainda, implementar a política de cadastramento eletrônico de obras audiovisuais para licenciamento e exibição e desenvolver a política de comercialização dos produtos, selos e marcas da televisão pública.

Da-Rin é cineasta, diretor de filmes como “Fênix”, “Príncipe do Fogo”, “Igreja da Libertação” e “Hércules 56”, e autor dos livros “Espelho Partido: Tradição e Renovação do Documentário Cinematográfico” e “Hércules 56”, além de ter atuado como técnico de som em mais de 150 filmes. Antes de gerir a Secretaria do Audiovisual do MinC, foi dirigente de diversas entidades do segmento audiovisual, como a Federação de Cineclubes, a Associação Brasileira de Documentaristas e a Associação Brasileira de Cineastas, e membro do Conselho Superior de Cinema.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.