fbpx

Simone Spoladore

Simone Spoladore é uma atriz e produtora brasileira, nascida em Curitiba, capital do Estado do Paraná, no dia 29 de outubro de 1979.

Filha de bancários, começou a carreira artística no balé, aos 6 anos. Aos 13, resolveu fazer teatro como auxílio à dança e acabou se apaixonando.

Em 1997, aos 18 anos, ela se mudou para São Paulo e foi morar numa pensão na Rua Haddock Lobo. Nessa época começou a ensaiar a peça O Homem de Galocha, de Vladimir Capella, quando ficou sabendo dos testes para o filme Lavoura Arcaica e resolveu mandar um currículo.

O diretor Luiz Fernando Carvalho interrompeu os testes e a contratou imediatamente, entre 600 candidatas. Depois foram seis meses de ensaio, que incluíram aulas de dança do ventre, trabalho na lavoura e ordenha de vacas. Sua brilhante atuação lhe valeu o Grande Prêmio BR do Cinema Brasileiro de Melhor Atriz Coadjuvante, Prêmio Qualidade Total de Melhor Atriz Coadjuvante, entre outros, nada mal para quem estava apenas iniciando a carreira.

Estreou na televisão na minissérie Os Maias (2001), baseada na obra de Eça de Queirós, e participou do elenco de América, telenovela de Glória Perez; passando por Esperança (2003), onde tem excelente atuação como Caterina; América (2005), como Helô; e O Profeta (2007), como Luci.

No cinema, suas interpretações ainda tiveram destaque como em Lavoura Arcaica. Logo depois foi indicada três vezes ao Grande Prêmio Brasileiro de Cinema, na categoria melhor atriz por Desmundo (2002), e na categoria melhor atriz coadjuvante por Lavoura Arcaica (2001) e por O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias (2006).

Pela sua atuação no filme Elvis & Madona (2010), recebeu o Prêmio de Melhor Atriz nos festivais de Goiânia e de Aracajú. Além de levar o Prêmio de Melhor Atriz no Festival de Gramado por Não Se Pode Viver sem Amor (2010). Ganhou o Prêmio APCA e o Prêmio SESC de Melhor Atriz por Desmundo (2002). Ganhou o Prêmio Master de melhor atriz por Esperança (2002).

No teatro, estreou com A Peça sobre o Bebê.

Tem dedicado sua carreira mais ao cinema, com participação em quase uma dezena de filmes, em cinco anos de carreira. É uma das grandes atrizes da nova geração brasileira.

Filmografia

2020 :: Aos Pedaços (Em Finalização)
2017 :: O Crime da Gávea
2015 :: Ralé
2013 :: Exilados do vulcão
2013 :: Poder dos afetos
2012 :: A Memória que me Contam
2011 :: Sudoeste …. Clarice
2011 :: O Gerente …. Guiomar
2011 :: Natimorto …. A Voz
2010 :: Não se pode viver sem amor …. Roseli
2010 :: Elvis & Madona
2010 :: Nove crônicas para um coração aos berros …. Simone
2010 :: A Musa Impassível …. Adrine
2009 :: Luz nas trevas, A volta do Bandido da Luz Vermelha
2009 :: O Último Romance de Balzac
2009 :: Insolação …. Lúcia
2008 :: Duas da manhã …. Maja
2007 :: O Melhor Sorriso de Getúlio (CM)
2007 :: Primo Basílio …. Leonor
2007 :: Canção de Baal …. Sofia
2007 :: São
2006 :: Colombina
2006 :: O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias …. Míriam
2006 :: Vestido de Noiva …. Alaíde
2005 :: Alice (CM)
2005 :: Veias e vinhos – Uma história brasileira …. Antônia
2004 :: Dramática (CM)
2003 :: Infinitamente Maio (CM)
2002 :: Desmundo
2002 :: Achados e Perdidos (CM)
2001 :: Lavoura Arcaica
1997 :: O Presente
1996 :: Que Fim Levou o Vampiro de Curitiba?
1995 :: A Armadilha

Prêmios

:: Prêmio de Melhor Atriz no Festival de Goiânia por Elvis & Madona (2010);
:: Prêmio do Público de Melhor Atriz no Festival de Aracajú por Elvis & Madona (2010);
:: Prêmio de Melhor Atriz no Festival de Gramado por Não Se Pode Viver sem Amor (2010);
:: Prêmio APCA de melhor atriz por Desmundo (2003);
:: Prêmio SESC de melhor atriz por Desmundo (2003);
:: Prêmio Master de melhor atriz por Esperança (2002);
:: Prêmio Qualidade Total de Melhor Atriz coadjuvante por Lavoura Arcaica;

Bibliografia

Fontes de Referência

Livros:

SANTOS, Francisco A. dos. Dicionário de Cinema do Paraná. Curitiba: Fundação Cultural de Curitiba, 2005. p.188
SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Simone Spoladore. Disponível no endereço: https://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/simone-spoladore/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]