fbpx

SINTRACINE – Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Cinematográfica e do Audiovisual de Santa Catarina

Entidades

Tudo começou em 10 de julho de 2003 quando em alguns encontros Charles Cesconetto, Ieda Beck, Cesar Cavalcanti e Ana Fonte decidiram criar um sindicato.

Pensava-se em organizar a classe trabalhadora e normatizar a área de cinema e publicidade, assim como tudo que envolvia o audiovisual catarinense. Fazer cumprir horários de trabalho junto com contrato e seguro de vida – itens esses que nunca foram observados pelos empresários catarinenses do setor. Ter tabelas das distintas áreas de atuação e toda proteção para os trabalhadores.

A primeira assembléia do SINTRACINE – Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Cinematográfica e do Audiovisual de Santa Catarina teve a participação de 150 pessoas, e lá foi eleita uma Diretoria que faria a solicitação ao Ministério do Trabalho da carta sindical, onde Daniel Caldeira foi escolhido Presidente.

Porém, por desencontros burocráticos o processo ficou parado por dois anos.

No ano de 2006, outra eleição foi realizada e Ana Fonte, Iur Gomes foram eleitos em uma Diretoria Provisória para dar sequência ao processo de registro.

No dia 8/03/2010, através do esforço da então Deputada Federal Angela Amim junto ao Ministro do Trabalho foi publicada nossa concessão de registro no DOU.

Outra eleição foi realizada e a atual diretoria terá três anos de duração para finalmente colocar o sindicato em funcionamento.

Gestões

Diretoria Gestão 2010/2013:

Presidente: Ana Fonte
Vice-Presidente: Fabiola Beck
Tesoureira: Eve Lise Machado
Secratária Geral: Carol Gesser
1° Secretário: Leandro Elsner
2° Secretário: Reno Caramori Filho

Fontes de Referência

SINTRACINE. http://www.sintracine.org/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.