fbpx

Society em Baby-doll (1965)

Sinopse

Duas mulheres, oriundas do Méier, bairro suburbano do Rio de Janeiro, casam-se com homens em boa situação financeira que se transformam repentinamente em milionários. Deslocadas do meio social de origem e inadaptadas à riqueza, as duas esposas precisam armar um plano no qual, agindo como grãfinas, convencem a alta sociedade e reconquistam seus maridos.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Society em Baby-doll (1965) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Luiz Carlos Maciel e Waldemar Lima
Roteiro: Luiz Carlos Maciel e Waldemar Lima
Adaptação: Luiz Carlos Maciel e Waldemar Lima
Estória Baseada na peça teatral Society em baby-doll, de Henrique Pongetti
Assistência de direção: Azevedo, Rubens; Pontes, Norma Bahia
Continuidade: Azevedo, Rubens
Produção: Luís Augusto Mendes
Direção de produção: Carvalho, J. P. de
Assistência de produção: Pollanah, Ruy; Azevedo, Nilton
Direção de fotografia: Waldemar Lima
Câmera: Waldemar Lima e Dib Lufti
Iluminação: Waldemar Lima e Luís Augusto Mendes
Chefe eletricista: Dória, Sandoval
Engenharia de som: Riva, Carlos de la
Ruídos de sala: José, Geraldo; Goulart, Walter
Montagem: Pires, Roberto
Guarda-roupa: Casa Tavares – masculino; Boutique Lourdes – feminino; Otto
Cenografia: Ratto, Gianni
Decoração: Da Costa
Maquiagem: Ronaldo
Penteados: Carlinhos – Beauty Shop
Vestuário: Rocha, Hugo
Música: Menescal, Roberto
Companhia Produtora: Luís Augusto Mendes Produções Cinematográficas
Companhias Distribuidoras: Luís Augusto Mendes Produções Cinematográficas | IRPA Filmes Ltda.

Dados adicionais de música
Orquestração: Marrota, Ugo

Locação: Rio de Janeiro – GB

Prêmios

:: Quarto lugar, Prêmio Governo do Estado da Guanabara, Comissão de Auxílio à Indústria Cinematográfica do Rio de Janeiro, 1965, RJ.

Bibliografia

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
JCB/BTC
RB/AN65
CENS/IV
O Estado de S. Paulo, 22.02.1966 e 27.03.1966
ALSN/DFB-LM

Fontes consultadas:
ACPJ/I
CENS/I

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Society em Baby-doll. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/

Observações:
RB/AN65 indica: “mais de dois mil extras no elenco”.
ACPJ/I aponta: assistente de direção ; gerente ; assistente ; sonografia ; assistente de cenografia ; decorações ; no elenco , , , e .
Algumas fontes grafam na montagem apenas o nome de e no elenco incluem ; ; e .

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]