fbpx

Sol Vermelho (1982)

Sinopse

POSTER Sol VermelhoAmado Batista está sendo entrevistado por Edison Moura, da Rádio Nacional de Brasília, no quadro ‘A estrada do sucesso’. Ele conta sua vida, da infância até a gravação de seu primeiro disco. Vemos o pai lavrador, os dez irmãos, a ida para Goiânia onde Amado trabalha numa livraria, a abertura sacrificada de uma pequena loja de discos. Um vendedor de discos leva uma fita com uma música de Amado para um disc-jockey em Goiânia e o mesmo apresenta Amado na gravadora Anhembí, onde grava seu primeiro disco. Três bandidos de uma gravadora falida tentam inutilmente raptar Amado para colocar em seu lugar um outro cantor do gênero. Após várias perseguições, Amado tem que enfrentar os bandidos, dominando-os posteriormente a muitas lutas, entregando-os à polícia. Ele inicia então uma viagem pelos lugares onde passou a infância, em busca de recordações, terminando por cantar a música ‘Sol Vermelho’, tendo ao fundo um pôr-do-sol na cidade de Goiânia.

Amado Batista lançou em 1982, um filme biográfico de nome “Sol Vermelho”, no qual interpretava a si mesmo em uma espécie de auto-biografia, o filme foi exibido em grandes cinemas da época e foi considerado sucesso. Embalaram as cenas do filme as musicas do disco também intitulado “Sol Vermelho”, lançado no mesmo ano.

Em uma entrevista, Amado disse que se alguém tivesse uma cópia dessa raridade, deveria entrar em contato com sua produção para que com esse filme, pudesse ser feita uma remasterização e um lançamento em DVD para colecionadores.

Atualmente, o único local onde poderia ser encontrado essa raridade, são nos antigos cinemas das cidades, certamente alguns cinemas de grandes cidades que exibiram o filme na época, ainda possuem a fita guardada.

O Filme foi dirigido por Antônio Meliande e teve Roteiro de Mário Vaz Filho.

Elenco

Amado Batista
Mário Benvenutti
Bentinho
Luiz Carlos Braga
Péricles Campos
Cristina Carvalho
Eudes Carvalho
Abel Constâncio
Genésio de Carvalho
Edna del Corso
Jônia Freund
Lia Furlin
Tânia Gomide
José Jimenes
Luiz Carlos Lee
Felipe Levy
Henrique Lisboa
Iragildo Mariano
Roberto Miranda
Cuberos Neto
Rubens Pignatari
Cláudio Portioli
Hesacker Rosatto
Wilson Sampson
Shirley Santos

Batista, Amado (Amado Batista)
Benvenutti, Mario (Mafioso)
Carvalho, Genésio (Capanga)
Bentinho (Amador Batistoti)
Tania (Fã)
Furlin, Lia (Moça da janela)
Miranda, Roberto (Irmão de Amado)
Pignatari, Rubens (Empresário)
Carvalho, Eudes (Amigo)
Sampson, Wilson (Amigo)
Rosatto, Ecler (Amigo)
Freund, Jonia (Moça da serenata)
Cuberos Neto (Fazendeiro)
Lisboa, Henrique (Vendedor)
Carvalho, Cristina (Moça da fábrica)
Santos, Shirley (Moça da serenata)
Corso, Edna del (Chefe de secção da fábrica)
Levy, Felipe (Representante)
Constâncio, Abel
Portioli, Claudio
Jimenes, José
Braga, Luis Carlos
Lee, Luis Carlos
Campos, Péricles
Mariano, Iragildo

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Sol Vermelho que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Antônio Meliande
Roteiro: Mário Vaz Filho

Produção
Companhia(s) produtora(s): Embacine; Embrapi
Companhia(s) produtora(s) associada(s): Amado Batista Promoções Artísticas; Discos Continental
Produção: Santos, Eduardo; Cunha, Marcos; Paiva, Marcio
Produção executiva: Garrett, Jean

Distribuição
Companhia(s) distribuidora(s): Ouro Nacional

Argumento/roteiro
Argumento: Vaz Filho, Mário
Roteiro: Vaz Filho, Mário
Diálogos: Vaz Filho, Mário

Direção
Direção: Meliande, Antonio
Assistência de direção: Sanchez, Conrado

Fotografia
Direção de fotografia: Meliande, Antonio
Câmera: Meliande, Antonio
Assistência de câmera: Oliveira, Luis de

Dados adicionais de fotografia
Eletricista: Reis, Miro; Gorbi, Toni

Som
Técnico de som: Nobile, Pedro
Som direto: Nobile, Pedro

Montagem
Montagem: Mazini, Eder

Direção de arte
Guarda-roupa: Braidotti, Aparecida
Consultoria de cor: Carlos, José

Dados adicionais de direção de arte
Maquiagem: Lombardi, Maria Antonia

Dados adicionais de música
Título da música: Sementes de amor;

Título da música: Meus braços te esperam;
Música de: Santos, J. F. dos;

Título da música: Ah se eu pudesse;

Título da música: Fruto do nosso amor, O;
Música de: Dias, Vicente;

Título da música: You are love;

Título da música: Kiss me kiss you;
Música de: Blue, B.;

Título da música: Carta sobre a mesa;
Música de: Manoel, Nei;

Título da música: Acidente, O;
Música de: Nei, Roberto;

Título da música: Forró em Caturité;

Título da música: Eu sou mais eu;
Música de: Bernardo, Abraão;

Título da música: Sol vermelho;

Título da música: Vulto na estrada;

Título da música: Serenata;

Título da música: Desisto
Música de: Batista, Amado

Instrumentista: Nascimento, José Milton do; Justino, Pedro Rubens e Melo, Jeilton P.

Locação: Goiânia – GO

Bibliografia

Fontes utilizadas:
CB/Ficha Filmográfica
CB/FIBRA
Press-release
Guia de Filmes, 82
Concine/82
O Estado de S. Paulo, 14.11.1982, p. 47

Fontes consultadas:
Embrafilme/Lista 82
Jornal da Tarde, 15.11.1982, p. 24
ALSN/DFB-LM

Observações:
Concine/82 indica que provavelmente é a sigla da companhia produtora .

Livros:

Internet:

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.