fbpx

Sol (2021)

Um pai recém-separado, que não consegue se reconectar com a filha de dez anos, é obrigado a viajar com ela para o interior do País em busca do próprio pai que o abandonou quando criança e agora quer morrer. O convívio forçado com o pai que ele odeia e a imediata conexão de sua filha com o avô testa todos os seus limites, mas lhe dá a chance de se reaproximar da filha.

Protagonizado por Everaldo Pontes e Rômulo Braga, dirigido pela cineasta Lô Politi, o filme fará sua première na 45ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo e entrará em breve nos cinemas, através da Paris Filmes e Downtown Filmes.

Elenco

Everaldo Pontes
Rômulo Braga
Malu Landim
Felipe Velozo

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Sol que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Lô Politi
Empresas Produtoras: Muiraquitã Filmes | Dramática Filmes
Distribuição: Paris Filmes | Downtown Filmes

Brasil | Ficção | cor | min. |

Bibliografia

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Sol. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/sol/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.