fbpx

Tancredo, a travessia (2010)

Filme

Filme Completo:

Trailer:

Sinopse

Com o filme Tancredo, a Travessia, o diretor Silvio Tendler fecha sua trilogia presidencial. Ela começou em 1980, com Os Anos JK, uma Trajetória Política, sobre o também mineiro Juscelino Kubitschek, e, quatro anos depois, ganhou um segundo capítulo com Jango, focando João Goulart, presidente que sofreu o golpe militar de 1964. Os dois longas estão entre os três documentários mais vistos da história do cinema brasileiro – Jango levou um milhão de espectadores às salas de exibição, enquanto Os Anos JK arrebanhou 800 mil.

A vida de Tancredo Neves é esmiuçada desde seu nascimento, em 4 de março de 1910, em São João del-Rei, passando pelo advogado e homem de negócios. A carreira política tem início como vereador na terra natal e prossegue como deputado estadual, deputado federal, ministro da Justiça de Getúlio e Primeiro-ministro de Jango.

Tancredo se tornou opositor moderado do regime militar até se filiar ao MDB, reelegendo-se deputado federal e depois senador. Nos anos 1980, foi eleito democraticamente governador, interrompendo seu governo para lançar a candidatura à presidência da República, vencendo Paulo Maluf, do PDS.

O foco principal é o do movimento das Diretas Já e o da campanha presidencial, de 1983 a 1985.

Sílvio Tendler gravou depoimentos de artistas que participaram dos comícios de Diretas Já e apoiaram o político são-joanense. Entre eles, estão os mineiros Wagner Tiso, Milton Nascimento e Fernando Brant, além de Fafá de Belém e Maitê Proença.

Elenco

Christiane Torloni (Narradora)
José Wilker (Narrador)
Beth Goulart (Narradora)
Marcos França (Tancredo Neves )
Osmar Prado (Getúlio Vargas)
Paulo César Peréio (Oswaldo Aranha)

Participação especial:
Fafá de Belém
Fagner

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Tancredo, a travessia (2010) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Silvio Tendler
Roteiro: Silvio Tendler
Produção: Cláudio Pereira e Roberto D’ Ávila
Idealização e Argumento: José Augusto Ribeiro, Roberto D’ Ávila e Ronaldo Costa Couto
Produtor Delegado: José Antonio Medeiros
Entrevistas: José Augusto Ribeiro, Roberto D’ Ávila
Produção Executiva: Lara Velho
Assistência de Direção: Ana Rosa Tendler, Débora Herszenhut, Fabiana Fersasi e Itauana Coquet
Direção de Produção: Lara Velho
Consultoria Histórica: Carla Siqueira, José Augusto Ribeiro
Direção de Fotografia: André Cavalheira
Assistência de Fotografia / Logger: Érica Rocha
Fotografia adicional: Guga Millet, Natália Sahlit
Câmeras: André Carvalheira, Érica Rocha, Guga Millet e Natália Sahlit
Edição Final: Bernardo Néder, Katherine Chediak e Zé Pedro Tafner
Assistência de Produção Executiva: Mira Barros
Assistência de produção: Samya Rodrigues
Pesquisa: Elianne Ivo, Francisco Moreira
Trilha sonora original: Lucas Marcier
Produção de trilha sonora: Luana Carvalho
Supervisão musical: Lucas Marcier
Produção Musical e arranjos: Lucas Marcier, Luana Carvalho, Luciano Correa e Antonio de Pádua
Musica Tancredo a Travessia: Fernando Brandt e Lucas Marciel
Realizaçao: Intervideo Digital
Coprodução: Caliban Filmes e Terra Brasilis

Bibliografia

Livros:

BROOKEY, Marcia Paterman. História e Utopia: o cinema de Silvio Tendler. Rio de Janeiro: Multifoco, 2010.
TENDLER, Silvio. Quatro baianos porretas: Castro Alves, Milton Santos, Glauber Rocha e Carlos Marighella. Rio de Janeiro: Editora Garamond/ Editora PUC-Rio, 2011.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.