fbpx

Tavinho Moura

Biografia

Tavinho Moura é um músico e compositor brasileiro.

O artista iniciou sua carreira no cinema, compondo a trilha sonora do longa-metragem O Homem de Corpo Fechado, de Schubert Magalhães.

No primeiro Festival Estudantil da Canção, ganhou o segundo lugar com a música Como Vai Minha Aldeia, parceria com Márcio Borges. Deste festival participaram vários compositores que viriam a ser seus amigos e parceiros musicais, como Milton Nascimento, Lô Borges, Beto Guedes, Toninho Horta, Túlio Mourão, Murilo Antunes, entre outros.

Tendo lançado mais de dez álbuns ao longo de sua carreira, Tavinho nunca abandonou o cinema, assinou a trilha de várias produções nacionais. Recebeu prêmios como Melhor Autor de Trilha Sonora nos festivais de cinema de Gramado (3 vezes), Brasília (3 vezes), prêmio da crítica de São Paulo e Minas, e a Coruja de Ouro. A trilha sonora do filme Amor & Cia. de Helvécio Ratton ganhou o Prêmio do III Festival do Cinema Brasileiro de Miami. Em 2014, foi finalista do Grammy Latino na categoria Melhor CD de Música de Raízes Brasileiras, com o disco Minhas Canções Inacabadas.

Além da trajetória musical, Tavinho Moura também se dedicou à literatura, com dois livros: de fotografias e textos: Pássaros – Poemas: Aves na Pampulha (2012) e Vale do Mutum – Aves da Mata Atlântica (2015).

Em 24 de junho de 2019, recebeu o título de Cidadão Benemérito de Juiz de Fora na Câmara Municipal.

Filmografia

:: Filmografia como Autor da Trilha Sonora ::

2011 :: O Mineiro e o Queijo
1999 :: O Tronco
1998 :: Amor & Cia.
1973 :: O Homem de Corpo Fechado

:: Filmografia como Argumentista ::

2005 :: Nascente

Bibliografia

Internet:

TRIBUNA DE MINAS. Tavinho Moura recebe título de cidadão benemérito na Câmara de JF. Disponível no endereço: https://tribunademinas.com.br/noticias/cultura/21-06-2019/tavinho-moura-recebe-titulo-de-cidadao-benemerito.html. Acesso em: 21 de junho de 2019.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.