fbpx

Teuda Bara

Teuda Magalhães Fernandes, em arte conhecida como Teuda Bara, é uma atriz brasileira nascida na cidade de Belo Horizonte (MG) no dia 01 de novembro de 1941. Filha de um Major do Corpo de Bombeiros e trombonista amador que criara toda a família tocando trombone de vara, ela nunca frequentou nenhum curso de formação teatral. Aos 20 anos, Teuda estudava Ciências Sociais, na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), onde fazia teatro-jornal, junto ao Diretório Acadêmico da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas. No terceiro ano, abandonou o curso e iniciou seu trabalho com o diretor Eid Ribeiro.

Depois de fundar o grupo Fulias Bananas e de assistir à apresentação belorizontina de Ensaio Geral do Carnaval do Povo, mudou-se para São Paulo para integrar o Teatro Oficina do diretor José Celso Martinez Corrêa. Um ano depois, retornou a Belo Horizonte se inscrevendo, no início de 1982, naquilo que seria o útero em que se formaria o Grupo Galpão: a oficina de teatro dirigida por dois membros do Teatro Livre de Munique, George Froscher e Kurt Bildstein.

Estreou no cinema em 1983, no filme Idolatrada, de Paulo Augusto Gomes.

Atriz e fundadora do Grupo Galpão, Teuda Bara, além de atuar na maior parte dos espetáculos do grupo participou do espetáculo K.À., do Cirque Du Soleil, dirigido por Robert Lepage, atuou em filmes como Menino Maluquinho – O Filme, de Helvécio Ratton; Vinho de Rosas, de Elza Cataldo; O Contador de Histórias, de Luiz Villaça; e O Palhaço, de Selton Mello.

Na televisão, participou de um episódio do humorístico Toma Lá, Dá Cá, ao lado de Miguel Falabella, e da novela Meu Pedacinho de Chão, de Luiz Fernando Carvalho.

Em 2008 brilha com a peça Yolanda.

Tem dois filhos, André e Admar.

Filmografia

2021 :: Noites de Alface
2020 :: O Lodo
2017 :: As Duas Irenes
20 :: Angela
2011 :: O Palhaço
2010 :: Ponto Org
2010 :: Transeunte
2010 :: Revertere ad Locum Tuum (2010) (CM)
2009 :: Moscou
2009 :: O Contador de Histórias
2008 :: As Órfãs da Rainha
2008 :: Os filmes que não fiz
2007 :: O Crime da Atriz
2005 :: Vinho de Rosas
2002 :: Samba-Canção
1999 :: Outras Estórias
1996 :: O ex-Mágico da taberna minhota
1995 :: Menino Maluquinho – O Filme
1984 :: Dois Homens para Matar
1983 :: Idolatrada

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Teuda Bara. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/teuda-bara/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.