fbpx

Teus olhos castanhos (1961)

Sinopse

Logo depois de sua chegada ao Brasil o cantor português Luís Antonio conhece Ana Paula durante os ensaios na TV. Apesar de suas tentativas de aproximação, ele é repelido. Vem a saber, então, que a moça é cega. Finalmente ele consegue expressar os seus sentimentos, iniciando um romance. Maura, filha do Dr. Alves, patrocinador do programa de Luís Antonio, força-o a leva-la ao baile de carnaval do Teatro Municipal, mesmo sendo noiva de Jorge. Ambos acabam brigando durante o baile, rendendo manchetes para os jornais e revistas. Dentro do programa de Luís Antonio há um concurso para a escolha dos “Mais belos olhos castanhos”. Bonifácio, um agente do patrocinador, vai até a casa de Ana Paula e propõe que ela participe, com a oferta de uma viagem à Europa para tratamento. Ana Paula, achando que Luís Antonio está querendo se aproveitar dela para fins publicitários, recusa a oferta. O escândalo se espalha pela imprensa, prejudicando o produto do patrocinador. O cantor consegue falar com Ana Paula, que acaba aceitando o tratamento. Maura, visando envenenar a relação, vai até a casa de Ana Paula e lê as notícias do escândalo ocorrido no baile de carnaval. No dia em que deveria aparecer na TV, Ana Paula se ausenta, obrigando Luís Antonio a rescindir seu contrato. O patrocinador convence-o do erro, e sugere uma viagem pelo interior até passar a celeuma. Desnorteada, Ana Paula caminha pelas ruas e é atropelada. O dr. Alves vem a saber que Maura foi o pivô de todos os acontecimentos. Ela é castigada pela sua falta de escrúpulos e Luís Antonio e Ana Paula se unem no amor.

Elenco

Francisco José …. Luiz Antonio
Aracy Cardoso …. Ana Paula
Elizabeth Gasper …. Maura Alves
Aguiar, Álvaro (Dr. Alves)
Maya, Roberto (Jorge)
Amorim, Nair (Lúcia)
Santos, Enio (Dr. Loureiro)
Nascimento, Armando (Vieira)
Cardoso, Izabel (Mãe)
Mello, Angelito (Delegado)
Pereira, Zeny (Alvina)
Silveira, Elsa
Reis, Adriano
Copacabana, Paulo
Coral de Prata do Instituto Benjamin Constant

Participação especial:
Delfino, Luiz(Bonifácio)

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Teus olhos castanhos (1961) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Ibañez Filho
Argumento: Silveira, Ilza
Roteiro: Ibañez Filho; Cherques, Sanin
Diálogos: Ibañez Filho; Cherques, Sanin
Assistência de direção: Cherques, Sanin
Continuidade: Kruter, Geny
Direção de produção: Loureiro, Milton
Produtor associado: Madureira, Antonio; Augusto, Antonio; Albuquerque, Julia Araújo; Araújo, José A. R.; Oliveira, Jair Carlos de; José, Francisco; Ibañez Filho; Loureiro, Milton
Assistência de produção: Santos, Aníbal
Direção de fotografia: Lombardi, Guglielmo
Câmera: Attili, Giorgio
Assistência de câmera: Borges, Hilto
Fotografia de cena: Emílio, Hector
Montagem: Nelli, Nello
Assistente de montagem: Francisco, Walter
Figurinos: Sorensen
Cenografia: Monteiro Filho, Alcebíades
Maquiagem: Campesato, Raimundo
Música: Toledo, José
Companhia(s) produtora(s): Satélite Filmes Ltda.; Produções Cinematogáficas Albuquerque Ltda.
Companhia(s) distribuidora(s): Cinedistri – Companhia Produtora e Distribuidora de Filmes Nacionais

Canção
Título: Teus olhos castanhos;
Autor da música da canção: Coelho Filho, Alves;

Título: É tu;
Autor da música da canção: Marques, Belo;

Título: Estrela da minha vida;
Autor da música da canção: Coelho Filho, Alves;

Título: Se;
Autor da música da canção: Viana, Helena Moreira;

Título: Murmúrio das ondas;
Autor da música da canção: Mileco, Luiz e Gonçalves, Waldemar;

Título: Amor de janela;
Autor da música da canção: Pernambuco e Maria, Antonio;

Título: Maria, meu xodó
Autor da música da canção: Monteiro, Alfredo e Prazeres, Heitor dos

Prêmios

Troféu Jornal Diário Carioca, 1961 de Melhor Ator Secundário para Delfino, Luíz, Atriz Revelação para Gasper, Elizabeth, Menção Honrosa para Maya, Roberto e Ibañez Filho e cenografia para Monteiro Filho, Alcebíades..
Prêmio da crítica de Melhor Cenografia para Monteiro Filho, Alcebíades.

Bibliografia

Fontes de Referência

Fontes utilizadas:
ExibAn/62
FCB/FF
CENS/I
Press-release
ALSN/DFB-LM

Fontes consultadas:
ACPJ/I
JN/Imigrantes – Portugueses II

Livros:

RAMOS, Fernão Pessoa (org.). História do cinema brasileiro. São Paulo: Art Editora, 1981.

_________; MIRANDA, Luiz Felipe A. de. (Org.). Enciclopédia do cinema brasileiro. São Paulo: Senac São Paulo, 2000.

SILVA NETO, Antônio Leão da. Dicionário de Filmes Brasileiros: longa-metragem. São Paulo, Ed. do Autor, 2002.

Jornais e Periódicos:

Jornal Diário Mercantil
Jornal Diário Regional
Jornal do Brasil
Jornal do Comércio
Jornal O Dia
Jornal O Globo
Jornal O Pharol
Jornal Panorama
Jornal Tribuna da Tarde
Jornal Tribuna de Minas

Sites na Internet:

http://www.ancine.gov.br/ – Agência Nacional do Cinema – Brasil
http://www.cinemateca.org.br/ – Cinemateca Brasileira – Brasil
http://www.cinemabrasileiro.net – Cinema Brasileiro – Brasil
http://www.cinemateca.gov.br – Cinemateca Brasileira – Brasil
http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br – História do Cinema Brasileiro – Brasil

Instituições Consultadas:

Arquivo da Cinemateca Brasileira
Arquivo Histórico da Universidade Federal de Juiz de Fora
Biblioteca da Universidade Federal de Juiz de Fora
Biblioteca da Universidade Salgado de Oliveira de Juiz de Fora

Observações:
ExibAn62 considerou o tempo de projeção como sendo de 92 minutos.
ACPJ/I coloca na ficha técnica Jacy P. Lima como produtor executivo; Rui Guerra no roteiro; sonografia de Jorge Coutinho; estúdios de filmagem da Cinédia S.A. e TV Continental. Esta fonte chama Hilto Borges de , Sorensen de e Luiz Mileco de Luiz Mireco.
O diretor de fotografia também aparece como . O Banespa – Banco do Estado de São Paulo teria participado da produção, o que não foi confirmado. Algumas fontes citam Alinor Azevedo no roteiro; o nome do produtor José A. R. Araújo também aparece como Jair A. R. Araújo.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Um comentário em “Teus olhos castanhos (1961)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.