fbpx

Tião D’Ávila

Biografia

Sebastião Pedroso de Camargo Neto, em arte conhecido como Tião D’Ávila, é um ator brasileiro nascido em Rio Claro (SP) no dia 08 de abril de 1944.

Iniciou sua carreira no Teatro Amador Universitário, estreando na peça Reencontros, direção de Odécio Penteado, já ganhando o prêmio Governador do Estado de melhor ator. Estudou na EAD (Escola de Arte Dramática) da USP e depois se integrou ao Teatro Cordel de Orlando Senna.

Os primeiros anos de sua carreira são dedicados ao teatro, mas em 1976 rende-se à televisão, na novela Estúpido Cupido, como Carneirinho, que pertencia a turma de Ney Latorraca, João Carlos Barroso e Ricardo Blat.

Em 1978, vai para o cinema, estreando no filme O Outro Lado do Crime.

Na televisão, participou de momentos importantes como Sem Lenço, sem Documento (1977), Memórias de Amor (1979), Senhora do Destino (2004) e O Profeta (2006), pela TV Globo. Na TV Manchete fez Amazônia (1991), Tocaia Grande (1995) e Mandacaru (1997). Na TV Record, A Lei e o Crime (2009) e Poder Paralelo e, retornando à TV Globo entra para o elenco de Caminho das Índias, em 2009, como o pai de Deva.

No cinema, tem participado com frequência de filmes como Zuzu Angel (2006) e Polaroides Urbanas (2008).

Filmografia

1978 – O Outro Lado do Crime
1982 – Luz Del Fuego
1982 :: Mar do Pecado
1983 – Bar Esperança
1984 – Memórias do Cárcere
2001 – Memórias Póstumas
2002 :: Uma Onda no Ar
2006 :: Zuzu Angel
2006 :: Canta Maria
2007 :: Inesquecível
2008 – Polaroides Urbanas
2009 – Bela Noite para Voar
2010 :: Chico Xavier

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Tião D’Ávila. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/tiao-davila/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.