fbpx

Tony Ciambra

Biografia

Antonio Ciambra, em arte mais conhecido como Tony Ciambra, é um diretor de fotografia nascido em Cosenza, em 1947. Chegou a São Paulo em 1958 e começa a fazer experiências em 8mm e 16mm.

Em 1967, dirigiu o curta O Isqueiro. A partir de 1974, tornou-se fotógrafo profissional e acumula dezenas de filmes, quase todos produzidos na Boca do Lixo paulistana. Em 1977, dirigiu seu único longa, O Atleta Sexual.

Nos últimos anos, tem trabalhado junto ao produtor e diretor Diomedio Piskator.

Filmografia

Filmografia: 1967-O Isqueiro (CM) (dir., fot.); 1974-Travessuras de Pedro Malazartes; 1978-O Atleta Sexual (dir.); O Estripador de Mulheres; 1979-Os Três Boiadeiros; Colegiais e Lições de Sexo; 1981-Estações (CM); Ginástica, Graça e Beleza (CM); A Noite das Depravadas; O Sexo e as Pipas (cofot. Nilton Nascimento e Virgílio Roveda); 1982-Loucuras Sexuais; Fantasias Sexuais; 1983-Massage For Men; Juventude em Busca de Sexo; Bacanal de Colegiais; 1984-A República dos Cem Dias (CM); Transa Brutal (O Fim da Picada); Taras de Colegiais; Sexo em Grupo; Anúncio de Jornal; 1986-Avesso do Avesso; 2001-Amor Imortal; 2003Kuatro Pauliceias; 2006- Mauá, de Poemas e de Poetas; 2007-Fetos Lívidos; Filmando um Filme Independente; 2008-Caminhos do Cineclubismo.

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antônio Leão da. Dicionário de Fotógrafos do Cinema Brasileiro. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2011.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/tony-ciambra/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.