fbpx

Tony Tornado

Biografia

FOTO Tony TornadoAntonio Vianna Gomes, em arte conhecido como Tony Tornado, é um ator e cantor brasileiro nascido em Mirante do Paranapanema (SP) no dia em 26 de maio de 1930.

Aos 11 anos fica órfão e muda-se para o Rio de Janeiro. Fez o serviço militar e lá permaneceu por quatro anos.

Quando o twist esteve na moda, fez mímica num programa da Rádio Mayrink Veiga. Integrou conjuntos musicais importantes na época, com Peter Tomas e Ed Lincoln. O sucesso aconteceu em 1970, ao vencer o 5º Festival Internacional da Canção, com a música BR-3, de Antonio Adolfo, onde conseguiu projeção nacional.

Passou a trabalhar como ator de teatro, rádio, televisão e cinema.

Teve passagem destacada no cinema, ao participar de vários filmes como Tô na Tua ô Bicho (1971), sua estréia; Os Pilantras da Noite (1975); Pixote, a Lei do Mais Fraco (1980); Natal da Portela (1988); A Grande Arte (1991); Redentor (2004); além de um emocionado depoimento para Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Dei (2009).

Estreou na televisão, na novela Jerônimo, o Herói do Sertão, (1972), pela TV Tupi, como João Corisco. Ainda pela Tupi faria Tchan, a Grande Sacada em 1976. Transferiu-se para a TV Globo e lá participou de novelas e minisséries de sucesso, como Roque Santeiro (1985), como Rodésio; Agosto (1993), como Gregório Fortunato, o guarda-costas de Getúlio Vargas, em um de seus melhores e mais elogiados desempenhos; Andando nas Nuvens (1999), como o Tio Alemão; Belíssima (2005), como Isaltino de Souza; e A Diarista (2007), como o chefe do cerimonial.

Foi casado com a atriz Arlete Salles, de 1977 a 1983, num conturbado relacionamento, e com Francisca Maritza. Tem quatro filhos.

Negro, forte, alto, bom cantor e talentoso ator, Tony Tornado soube se impor acima de qualquer empecilho que pudesse surgir à sua frente, tornando-se um grande ator brasileiro, muito querido e requisitado.

Filmografia

:: Filmografia como Ator ::

2020 :: Juntos e Enrolados
2019 :: Helen
2017 :: O nome da morte
2006 :: 1972
2005 :: Um Lobisomem na Amazônia
2004 :: Um Show de Verão
2004 :: Redentor
2003 :: Casseta e Planeta: A taça do mundo é nossa
2001 :: Meu Filho Teu (Um Crime Nobre) (Itália/Brasil)
1991 :: Vai trabalhar, Vagabundo II – a Volta
1991 :: A grande arte
1990 :: O Gato de Botas Extraterrestre
1988 :: Natal da Portela (Brasil/França)
1987 :: Maré de Azar (Running Out of Luck) (EUA)
1985 :: O Rei do Rio
1984 :: Quilombo
1984 :: Os Trapalhões e o Mágico de Oróz
1983 :: As taras das sete aventureiras
1981 :: A casa de Irene
1980 :: Pixote, a lei do mais fraco
1979 :: Tráfico de fêmeas
1979 :: Uma Cama Para Sete Noivas
1977 :: Ouro sangramento (Tenda dos Prazeres)
1977 :: A praia do pecado
1977 :: As amantes de um canalha
1977 :: Chão Bruto
1976 :: Pesadelo sexual de um virgem
1975 :: Os Pilantras da Noite
1975 :: Clube das infiéis
1973 :: A virgem
1971 :: Tô na tua, ô bicho

:: Filmografia como Ele Mesmo ::

2009 :: Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Dei

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Tony Tornado. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/tony-tornado/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados