fbpx

Totia Meirelles

Biografia

Maria Elvira Meirelles, em arte conhecida como Totia Meirelles, é uma atriz brasileira nascida no Rio de Janeiro (RJ) no dia 11 de outubro de 1958.

Aos seis anos de idade, começou a fazer balé, com aulas no Círculo Militar, no Rio de Janeiro. Cursou Educação Física e torna-se professora de balé. Em seguida, foi aprovada para o musical Chorus Line e inicia carreira no teatro.

Já como profissional, participou de peças importantes como Os Monólogos da Vagina, de Miguel Falabella, e Cristal Bacharach, de Charles Moeller e Cláudio Botelho.

Em 1989, fez sua primeira novela, Que Rei Sou Eu?, como a prostituta Monah. Em seguida, foi convidada para participar da Escolinha do Professor Raimundo. Iniciou assim sua carreira de atriz coadjuvante em novelas e minisséries como Mulheres de Areia (1993), O Fim do Mundo (1996), Perdidos de Amor (1996), Suave Veneno (1999), O Clone (2001), mas tornou-se conhecida em todo o Brasil como Vera, mãe de Radar (Duda Nagle). Passou a ser então muito requisitada, numa sequência espetacular, como a Vera, mãe de Lurdinha (Cleo Pires) em América (2005), a Silvana de Cobras e Lagartos (2006), a Jandira de Duas Caras (2008), a Catarina de Casos e Acasos (2008) e a Aída Mota de Caminho das Índias (2009).

Estreou no cinema no mesmo ano no filme Apolônio Brasil, Campeão da Alegria. Embora tenha começado tarde sua carreira na televisão e cinema, hoje é reconhecidamente uma grande atriz brasileira.

Está casada desde 1990 com o médico Jaime Rabacov (1957) mas não tem filhos.

Filmografia

2018 :: Talvez uma história de amor
2015 :: Divã a 2 – O Filme
2003 :: Apolônio Brasil, Campeão da Alegria

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Totia Meirelles. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/totia-meirelles/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

2 comentários sobre “Totia Meirelles

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.