fbpx

Tudo acaba em festa (2018)

Sinopse

A festa de final de ano da empresa parece o momento perfeito para um obstinado gerente resolver todos os seus problemas profissionais… #soquenao. O ambiente corporativo ganha nova ótica nessa comédia onde nada é o que parece ser e onde um profissional (quase) exemplar terá que trabalhar em dobro para salvar a sua própria pele.

Funcionários que passaram o ano guardando emoções em roupas sociais, aproveitam o momento de descontração para contar segredos e histórias bem reveladoras – ou constrangedoras, em boa parte dos casos.

É nesse ambiente que encontramos o protagonista Vlad, interpretado por Marcos Veras, um acomodado funcionário de RH que aceita a missão imposta pelo presidente da empresa de organizar a festa de fim de ano da empresa para impressionar sua ex-namorada, Aline (Rosanne Mulholland) e de quebra, melhorar o clima entre os funcionários, que vivem um momento de instabilidade, cercado de demissões. Seria uma tarefa fácil se não fosse a resistência dos colegas, que só aceitam participar depois de falsas promessas. Na festa, Vlad é desmascarado e tem que se virar para não perder o controle da situação, seu emprego e o amor de Aline.

Dirigido e roteirizado por André Pellenz (o mesmo de Minha Mãe É Uma Peça), o roteiro também é assinado por Danilo Gullane, Sylvio Gonçalves e L.G. Bayão. Produzido pelos irmãos Gullane, o longa, que inicialmente tinha o título de Festa da Firma, foi rodado no Rio de Janeiro, tendo como cenário as comemorações corporativas de fim de ano.

Em seu décimo primeiro longa metragem, o ator e humorista Marcos Veras protagoniza pela segunda vez uma comédia. O Vlad é um cara extremamente fofo, mas é aquele fofo ‘torto’, vive errando nas colocações, nas palavras. É um gerente de RH que está acomodado na empresa, e organizar a festa será o grande desafio pra ele, conta Veras.

Segundo o diretor André Pellenz, A ideia do filme começou de uma frase apenas: ‘Festa da Firma’. E aquilo iluminou todo mundo, e virou o título do filme. A partir dessa frase a gente buscou uma história que mostrasse não só os bastidores de uma festa coorporativa, e dos seus preparativos, como também situações divertidas dentro da própria empresa.

Também estão no elenco Rosanne Mulholland, Giovanna Lancellotti, Diogo Vilela, Nelson Freitas, Maria Clara Gueiros, Victor Leal, Pablo Sanábio, Stepan Nercessian, Malu Vale e Amaury Jr..

Festa da Firma terá distribuição da Paris Filmes.

Tudo Acaba em Festa tem estreia marcada para o dia 08 de novembro de 2018.

Elenco

Marcos Veras
Rosanne Mulholland
Giovanna Lancellotti
Diogo Vilela
Nelson Freitas
Maria Clara Gueiros
Victor Leal
Pablo Sanábio
Stepan Nercessian
Malu Vale

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Tudo acaba em festa (2018) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: André Pellenz
Roteiro: André Pellenz, Danilo Gullane, Sylvio Gonçalves e L.G. Bayão
Produção: Irmãos Gullane
Empresa Produtora: Gullane
Empresa Coprodutora: Paris Filmes
Distribuição: Paris Filmes | Downtown Filmes

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

4 comentários sobre “Tudo acaba em festa (2018)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.