fbpx

1/86 – Um e Oitenta e Seis Avos

Sinopse

1/86 (Um Oitenta e Seis Avos) segue o dia-a-dia de Mulher (Talita Feuser), sufocada em sua monótona rotina – dorme, acorda, trabalha e, vez ou outra, ajuda sua mãe Amélia (Debora Duarte), abalada pela recente morte de sua cadela, com tarefas cotidianas. Um estranho diagnóstico faz com que Mulher confronte a própria passividade: seus órgãos estão sumindo. O interesse médico no assunto assusta a paciente, que foge de qualquer tipo de tratamento. A revelação, porém, coincide com a chegada de uma misteriosa nova Vizinha (Luiza Lamoglia) ao prédio de Mulher. As duas abrem mão do marasmo, cultivando uma curiosidade mútua e uma eventual intimidade; um reconhecimento. Mulher encontra-se dividida entre sua mãe e a nova moradora.

Elenco

Luiz Guilherme Favatti
Ana Luiza Lamoglia
Talita Fauser
Debora Duarte
Alexandre Mofati
Andeson Mello
Charles Smith
João Lucas Pedrosa

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Um e Oitenta e Seis Avos que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Felipe Leibold
Roteiro: Felipe Leibold
Produção: Daniela Gracindo
Direção de Fotografia: Leonardo Iglesias
Edição de Som: Felipe Leibold
Direção de Arte: Patrícia Nunes
Figurino: Patrícia Nunes
Montagem: Leonardo Iglesias, Felipe Leibold
Trilha Sonora: Felipe Leibold

Brasil | RJ

Bibliografia

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Um e Oitenta e Seis Avos. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/um-e-oitenta-e-seis-avos/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.