fbpx

Vida de Menina (2004)

Tendo como pano de fundo um Brasil que acaba de abolir a escravatura e proclamar a República, Helena Morley começa a escrever o seu diário, que nos revela seu universo e um país que adolesce com a menina. É nesse diário que Helena debocha e desmascara as pretensas virtudes alheias. Adolescente de ascendência inglesa, Helena vive na remota cidade de Diamantina em Minas Gerais, símbolo da era de mineração agora em franca decadência. Em um momento crítico de sua vida, ela briga para estabelecer sua liberdade e individualidade. Procurando com sofreguidão não perder uma infantil alegria de viver, e reinventando o mundo à sua maneira, Helena Morley é o diamante mais raro de Diamantina.

Filme traz clássico da literatura brasileira para as telas de cinema.

O filme Vida de Menina, de Helena Solberg (de Bananas is my business), que marca a estréia da diretora na ficção, tem estréia prevista para setembro de 2005. Com roteiro de Elena Soárez (de Eu Tu Eles) e Helena Solberg, o longa-metragem, distribuído pela Europa Filmes/M.A. Marcondes, traz para as telas o livro-diário de Alice Dayrell que, sob o pseudônimo de Helena Morley, escreveu entre 1893 e 1895, em Diamantina, Minha Vida de Menina – O Diário de Helena Morley.

O longa-metragem foi o grande vencedor do Festival de Gramado 2004, onde levou seis Kikitos nas categorias: Melhor Filme, Roteiro, Fotografia, Trilha Sonora, Direção de Arte e Júri Popular, o filme também conquistou o prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular no Festival do Rio 2004.

Inteiramente rodado na cidade de Diamantina, Minas Gerais, o filme traz em seu elenco principal Ludmila Dayer, como a protagonista Helena Morley. Daniela Escobar (Carolina Morley) e Dalton Vigh (Alexandre Morley) interpretam no filme os pais da jovem escritora. Também estão no elenco os atores Lígia Cortez, Camilo Bevilacqua, Benjamin Abras, Maria de Sá, Lolô Souza Pinto, entre outros.

“Vida de menina” acompanha dois anos (1893-1895) na vida da adolescente Helena, num momento crítico de sua vida, quando luta para conquistar sua liberdade e integridade. Tendo como pano de fundo um Brasil que acaba de abolir a escravatura e proclamar a República, a jovem começa a escrever o seu diário, revelando seu universo e um país que adolesce junto com ela. É nesse diário que Helena debocha e desmascara as pretensas virtudes alheias, procurando não perder sua infantil alegria de viver e reinventando o mundo a sua maneira.

Em 1942, aos 62 anos, Alice Dayrell publicou seu diário de menina, que imediatamente tornou-se um sucesso, deixando a autora perplexa, pois pensava naquele momento que estaria simplesmente fazendo um registro para suas netas sobre sua infância na província. Hoje, o diário se encontra na sua 19ª edição e já foi traduzido para o inglês (pela poetisa Elizabeth Bishop), francês e italiano.

Uma produção da Radiante Filmes, o filme conta com a fotografia de Pedro Farkas, direção de arte de Beto Mainieri, figurino de Marjorie Gueller e produção de David Meyer. Wagner Tiso é autor da trilha sonora do filme.

O longa ganhou o Kikito de Melhor Filme, Direção de Arte, Fotografia, Roteiro e Música no Festival de Gramado de 2004, além do prêmio de Melhor Filme, pelo juri popular, do Festival do Rio de 2005.

Ludmila Dayer
Daniela Escobar
Dalton Vigh
Camilo Bevilácqua
Lígia Cortez …. Tia Iaiá
Bianca Lyrio …. Helena Morley 9 anos
Elvécio Guimarães …. Padre Neves
Bárbara Van Der Maas …. Naná
Lilian Passos …. Luisinha
Thiago Fonseca …. Renato
Bruna Letícia Santos …. Arinda
Vinícius Ferreira …. Joãsinho
Luiza Rabelo …. Glorinha
Tarcísio Ferreira …. Dr. Teles
Carlito Rocha …. Vieira
Ana Lelia Ramos …. Margarida
Sônia Rocha …. Mulher 2
Joana Vilella …. Mercedinha
Maria Clara Ximenes Leandro …. Matilde
Valdete Cordeiro …. Generosa
Késia Silva …. Bela
Eliane Maris …. Siá Ritinha
Melissa Beatriz Santos …. Arinda 9 anos
Aralúcia Leão Rocha …. Chichi Bombom
Alceste Amado Fernandes Lima …. Antônio Doido
Dª Lita …. Carlota Pistola
José Rubens dos Reis …. Pai Filipe
Bueno Prado …. Pai de Glorinha
Margarida Aguiar …. Vizinha
Isabella Monteiro …. Naná 9 anos
Luciano Luppi …. Motta
Evandro Passos …. Marciano
Guilherme Toledo …. Leontino
Geraldo Vieira …. Seu Cláudio dos Correios
Joel Santos …. Sentinela

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Vida de Menina (2004) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Helena Solberg
Roteiro: Elena Soárez e Helena Solberg
Coordenadora de pesquisa de época: Vera Lúcia Felício dos Santos
Pesquisa de diários femininos brasileiros: Maria José Vianna
1º Assistente de Direção: Hsu Chien Hsin
2° Assistente de Direção: Dayse Amaral Dias
3° Assistente de Direção: Caio Jobim
Continuísta: Gisella Bezerra de Mello
Produção: David Meyer
Consultoria de Desenvolvimento do Projeto: Carla Esmeralda
Coordenadora de Produção Executiva: Ilana Brakarz
Direção de Produção: Marcelo Ferrarini e Ilana Brakarz
Produtor de Frente: Marcelo Henrique Costa
Assistente de Produção Executiva: Juliana Alves
Assistente de Produção: Isabel Graça
Assistente de Produção: Stella Paiva
Produtor de Locação/Diretor de Platô: Marcelo Ferrarini
Assistente de Platô: Kléber Pereira de Souza
Secretária Produção: Giselle Maria Pimenta de Barros
Secretária Pré Produção: Maria Pia Mariti
Direção de fotografia: Pedro Farkas, abc
Câmera: Rodrigo Toledo
1º Assistente de Câmera: Kika Cunha
2º Assistente de Câmera: Antônio Viana
Operador de Video-Assist: Rodrigo Modenesi
Steady Cam: Gustavo Hadba
Still: Beatriz Perrella
Eletricista Chefe: Carlos Alberto Ribeiro “Betão”
Assistentes de Elétrica: Ronaldo Neves Lopes e Wilson Nunes dos Santos
Assistente de Elétrica Extra: André Luiz Rodrigues “Berinjela”
Maquinista Chefe: Julio Gomes Guimarães “Julinho”
Assistentes de Maquinária: Antônio Roberto Quini e Ademir Alberto da Silva
Ajudantes de Maquinaria e Elétrica: Aldeniro Peterson Roberto Neves
Direção de arte: Beto Mainieri
Produtora de Arte: Luciana Lamounier
Produtor de Objetos: Leandro Vilar
Assistente de Produção de Objetos: Josefina Motta “Fina”
Contra-Regra: Sérgio Chaves
Pintores de Arte: Bia Pessoa e Antônio Villama de Oliveira
Cenotécnicos: Wagner Alexandre Miranda, Carlos Roberto Pinto e Tarcisio Luiz da Silva
Assistentes de Cenotécnicos: Adenilson da Luz de Souza, Evandro Gomes Paulino, Fernandinho Gomes Paulino, Jone Paulo do Nascimento, Jakson Geraldo Bento, Silvano Andrade Silva e Valdécio da Cruz dos Santos
Pintores: Adilson Willian dos Santos, Ulisses de Jesus Souza, Marconi dos Santos Saraiva, Luiz carlos dos Santos, Vanderley Gonçalves de Anunciação e Ronaldo das Graças Santos
Figurino: Marjorie Gueller
Colaboradora de Figurino: Joana Porto
Assistentes de Figurino: Ricca, Mariana Pompeo de Camargo Monteiro e Maria Alice Alves
Aderecista: Ines Sacai
Acervos de Figurino: Minha Avó Tinha, Kika Lopes, Marjorie Gueller e Angie Utt
Envelhecimento: Maria Cristina Marconi “Foca”
Costureiras São Paulo: Benedita Calistro de Jesus, Regina Spangnolo e Aparecida Calistro
Costureiras Diamantina: Yolanda Canuto e Maria José Gomes
Camareira: Yolanda Canuto
Design de Maquiagem: Martin Macias e Lu de Moraes
Maquiadora: Lu de Moraes
Cabeleireiro: Bob Paulino
Assistente de Cabeleireiro: Márcia Valéria Clementino

Abertura: Fernando Pimenta
Montagem: Diana Vasconcellos, abc
Som direto: Paulo Ricardo Nunes
Microfonista: Vampiro
Assistente de Som: Sabrina Alves

Preparação Vocal: Rose Gonçalves
Coordenação Administrativa e Financeira: Iracema Supeleto
Boy de Set: “Nilsinho” Dias
Assistente de Contabilidade: Leonor Camargo
Assistente de Produção Base RJ: Anderson Villar Lima

Assistente Contra Regra: Emanoel Ricardo Maria, Helen Patrícia de Matos Gomes e Rosemeire Oliveira Carneiro
Animais: Mário Carneiro Gomes “Tico dos Cavalos” e Alan Pierre Carneiro Gomes “Tiquinho”
Consultor de Garimpo: Ademir Pereira da Silva

Produção de Elenco: Marcia Ítalo
Produção de Elenco Belo Horizonte: Ana Régis Gilza Rocha
Produção de Elenco Diamantina: Robson Dayrell
Produção de Figuração: Cristina Figueiredo

Estagiário de Continuidade: Albéris Cristiano Mafra
Estagiários de Produção: Péricles Paulo Faria e Rodrigo Carlos Ribeiro
Estagiária de Produção Base RJ: Janaína Padilha
Geradoristas: Luis Carlos de Moraes Corrêa e José Gonçalves de Andrade

Alimentação Set: Apocalipse, Gracinha, Segurança & Rádios ANJOS DA GARRA, Vigias CARLOS, José Luiz “Lu”, Edson e Alfredo

Empresa Produtora: Radiante Filmes

Camera: ARRI 35 BL5 CAMERAMAN
Equipamento Iluminação & Maquinária: Elétrica
Dolly Panther e Super Jib: Motion

Equipamento de som direto: JHM Audio Services
Caminhão de Câmera: Trans ROB
Caminhão de Elétrica: Lourival
Agência de Transporte: Léa Turismo
Transporte Extra: Acalantur
Motoristas: Wellington, Julio César da Silva Soares, Ricardo, Paulo Roberto de Melo, Geraldo André da Silva, Paulo Arte, Daniel Martins da Silva, Adelmo, Robson Gilson Gomes “Pirulito”, Zé Carlos de Andrade “Teté”, José dos Passos, Leo e Messias Maria dos Reis

Apoio pré-produção: Caíque Martins Ferreira, Hilton Kauffmann, Isabella Teixeira

Pós-Produção: Formato Filmes
Produtor de Finalização: Tuco
Assistente de Finalização: Leo Hallal
Assessoria Jurídicia: Dario Corrêa, Corrêa e Figueiredo – Advogados.
Seguro: Ellery e Morley Corretora de Seguros
Laboratório de Imagem: Labo Cine do Brasil
Diretor Técnico: Carlos Bequet e Rafael Gouveia
Revelação de negativo: Jair Ferreira
Montagem de negativo: Angela Bífaro
Marcação de Luz: Valdenor Landim
Controle de Qualidade: Luiz Ricardo Duarte
Trucagens: Wrander
Insert Digital: Link Digital
Supervisão de Finalização de Som: Marcos de Aguirre
Edição de Som: Maurício Molina e Marcela Riveros
Gravação Ruídos de Sala: Ivan Queiroz
Artista de Ruídos de Sala: Roberto Espinoza
Gravação de Dublagens: David Miranda
Coordenador Técnico: Claudio Hijerra
Mixador 5.1: David Miranda
2º Mixador: Roberto Espinoza
Consultor Dolby: Mario Faucher
Estúdio de Dublagens: Estúdios Mega
Estúdio Finalização e Mixagem: FILMOSONIDO Santiago de Chile
Corretora: Regina Werner, Instituição Financeira Líder Máxima S/A DTVM
Auditoria: Darse Arimatéa e Assunção Ass. Ltda.
Trilha sonora: Wagner Tiso

Prêmios e Festivais

Festival de Gramado 2004:

Melhor Filme: Júri Oficial
Melhor Filme: Júri Popular
Melhor Fotografia
Melhor Direção de Arte
Melhor Música
Melhor Roteiro

IV Projeta Brasil Cinemark: Melhor longa eleito pelo júri popular Festival de Gramado 2004

Festival do Rio 2004:

Melhor Filme: Júri Popular

IV Projeta Brasil Cinemark: Melhor longa eleito pelo júri popular Festival do Rio 2004

15º Festival de Cinema de Natal 2005:

Melhor Filme: Júri Oficial
Melhor Filme: Júri Popular
Melhor Atriz: Ludmila Dayer
Melhor Direção: Helena Solberg
Melhor Roteiro
Melhor Música

Seleção oficial de:

28ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo
8º Festival de Tiradentes
Palm Springs International Film Festival
Miami International Film Festival
Rencontres de Cinema d’Amerique Latine de Toulouse
1º Festival de Verão de Porto Alegre
Festival CineMulher – Salvador

Livros: DAYRELL, Alice. A Minha Vida de Menina – O Diário de Helena Morley. : , . Internet: HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. vida de Menina. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/vida-de-menina/ RADIANTE FILMES. Disponível no endereço: http://www.radiantefilmes.com/
História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]