fbpx

Vila Boa de Goyaz (1973)

Sinopse

Um retorno ao ambiente poético das velhas cidades brasileiras, mergulhando no clima de ternura que elas despertam no seu casario característico, suas bandas de música, suas celebrações da Semana Santa, suas folias do divino. Uma síntese do antigo burgo com o seu patrimônio colonial barroco bem diverso do que tradicionalmente é apreciado em Minas Gerais e na Bahia. Na Vila Boa de Goiás se compôs um barroco sertanejo meio despojado, meio requintado, e que pela rudeza do meio teve uma feição muito peculiar.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Vila Boa de Goyaz (1973) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Vladimir Carvalho
Roteiro: Vladimir Carvalho
Autoria do texto de locução: Vladimir Carvalho
Produção executiva: Universidade de Brasília
Assistência de câmera: Moura, Carlos de
Fotografia de cena: Santos, Gercimar; Lacerda, Armando
Montagem: João Ramiro Mello
Edição: Rodrigues, Magdalena; Mello, Éber Romão de
Letreiros: Walter Carvalho
Companhia(s) produtora(s): INC – Instituto Nacional de Cinema/DFE – Departamento do Filme Educativo
Companhia Distribuidora: Embrafilme – Empresa Brasileira de Filmes S.A.

Bibliografia

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
CB/EMB-110.2-00971
INC/CESD

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. . Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/

Observações:
INC/CESD indica ainda o formato 16mm.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.