fbpx

Violeta Ferraz (1903-1982)

Biografia

Violeta Vidigal, em arte conhecida como Violeta Ferraz, foi uma grande atriz cômica do teatro de revista português e, posteriormente, do cinema brasileiro. Nascida em Lisboa em 1903, radicou-se no Brasil.

Começou sua carreira no teatro musical. Estreou no cinema em 1938, no filme Está Tudo Aí!, quando foi dirigida por Mesquitinha, que também atuou no filme, iniciando uma sólida carreira, em filmes importantes como Pinguinho de Gente (1949) e Quero Essa Mulher Assim Mesmo (1963).

Com grande talento, principalmente para comédias, entre as personagens que interpretou, pelo menos uma é clássica: a masculinizada Madame Pau Pereira em É Fogo na Roupa!, de Watson Macedo. Destacando-se nas chanchadas da Atlântida a partir da década de 40, mesmo tendo reduzido a intensidade de suas apresentações, continuou popular nos anos 60 e 70.

Violeta Ferraz divertia o público com sua persona histriônica, em que sua atuação vinha sempre marcada por muitas caras e bocas inacreditáveis e um humor pra lá de escrachado.

Em 1954, a atriz foi contratada por Zilco Ribeiro, quando contribuiu com sua graça, contracenando com Pituca e Sônia Mamede.

Destacou-se durante muitos anos, mesmo tendo reduzido a intensidade de suas apresentações, nas décadas de 1960/1970.

Violeta era mãe de Raul Tabajara (1918-1978), importante radialista brasileiro, que foi o primeiro a transmitir uma partida de futebol pela televisão.

Violeta Ferraz faleceu aos 79 anos, em 04 de novembro de 1982, no Rio de Janeiro.

Filmografia

1971 :: Cômicos e mais Cômicos
1963 :: Quero Essa Mulher Assim Mesmo
1961 :: Briga, Mulher & Samba
1959 :: Comendo de Colher
1958 :: O Batedor de Carteiras
1958 :: Minha Sogra é da Policia
1958 :: No Mundo da Lua
1958 :: Pega Ladrão!
1957 :: Rico Ri à Toa
1956 :: Quem Sabe, Sabe!
1955 :: Carnaval em Marte
1955 :: O Feijão é Nosso
1955 :: O Golpe
1955 :: O Grande Pintor
1954 :: O Petróleo é Nosso
1952 :: É Fogo na Roupa!
1951 :: Agüenta Firme, Izidoro
1949 :: Pinguinho de Gente
1947 :: Asas do Brasil
1946 :: No Trampolim da Vida
1946 :: Caídos do Céu
1944 :: Romance Proibido
1938 :: Está Tudo Aí!

Bibliografia

Fontes de Referência

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Violeta Ferraz. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/violeta-ferraz/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.