fbpx

Wills Leal (1936-2020)

Biografia

Wills Leal foi um cineasta, jornalista, escritor, escritor, professor, crítico de cinema e gestor público brasileiro nascido na cidade de Alagoa Nova (PB) no dia 18 de setembro de 1936.

Foi criador da Roliúde Nordestina, projeto cinematográfico implantado no pequeno município paraibano de Cabaceiras.

Filho de Antônio Leal Ramos e de Ana Meira Leal Ramos (Dona Nenên), aprendeu as primeiras letras em casa, com o seu pai, prosseguindo no Grupo Escolar Estadual de Alagoa Nova, onde concluiu o curso primário. Mudou-se para a capital do estado a fim de complementar os estudos, e matriculou-se no Lyceu Paraibano e em seguida, na Academia de Comércio Epitácio Pessoa.

Mais tarde graduou-se em Filosofia, na Faculdade de Filosofia de João Pessoa (FAFI) e, posteriormente, bacharelou-se em Línguas Neolatinas, na UFPB, especializando-se em Língua e Literatura Francesa.

Poliglota, era um homem de múltiplos ofícios: jornalista, pesquisador, professor, crítico de cinema, ex-Secretário de Turismo da Paraíba e agitador cultural. Wills foi incentivado pelo tio, José Leal Ramos, considerado o Decano da Imprensa Paraibana, ingressando nos meios de comunicação iniciando a carreira como revisor do jornal O Norte, na Capital paraibana, ascendendo neste mesmo jornal, à condição de colunista, articulista e crítico de cinema.

Foi professor das Universidades do Rio de Janeiro, de Brasília e, na Paraíba, da Universidade Regional do Nordeste.

Wills foi uma figura importantíssima na vida cultural paraibana. Jornalista, crítico de cinema e escritor, era figura ligada ao cineclubismo e ao turismo da cidade. No dizer do jornalista Sílvio Osias, do Jornal da Paraíba, a Academia Paraibana de Cinema (APC) não existiria sem Wills.

Como escritor, Wills escreveu mais de 20 livros, entre eles algumas obras fundamentais sobre o cinema do seu Estado. Entre elas os dois volumes de Cinema Paraibano e o pequeno porém influente livro Introdução ao Cinema Nordestino, prefaciado por Jean-Claude Bernardet.

Esta pequena obra tem uma história interessante. Wills a escreveu e mandou os originais para Jean-Claude. Rigoroso e implacável, Bernardet a leu e mandou a Wills uma extensa carta, reconhecendo a importância do livro, porém fazendo uma série de reparos. Inteligente e permeável a críticas, Wills não se deu por achado e transformou a carta no prefácio ao livro.

Criador da Hollywood nordestina, em Cabaceiras, onde foi filmado o longa O Auto da Compadecida (2000), entre outros filmes, Wills deixou algumas obras fundamentais sobre o cinema do seu Estado. Entre elas os dois volumes de Cinema Paraibano e o pequeno porém influente livro Introdução ao Cinema Nordestino, prefaciado por Jean-Claude Bernardet.

De espírito sempre jovem, Wills era figura incontornável nos debates do Fest Cine Aruanda. Era polêmico, incisivo, com ideias muito bem fundamentadas.

Wills Leal também realizou 23 filmes, dentre os quais as obras intituladas Tudo é improviso, Festa das Neves e Presença da música no cinema, além de ter sido responsável por diversos projetos, a exemplo do Roliúde Nordestina, Festcine Digital do Semiárido e o Polo Hoteleiro do Cabo Branco, e ter tido participação fundamental na criação de instituições públicas e privadas, como a Associação dos Críticos Cinematográficos da Paraíba, Academia Paraibana de Cinema (APC), Conselho Estadual de Cultura, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (Iphaep) e Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo (Abrajet) – Paraíba.

Faleceu, aos 83 anos, no dia 07 de maio de 2020, em João Pessoa (PB), vítima de uma parada cardiorrespiratória.

Filmografia

:: Tudo é improviso
:: Festa das Neves
:: Presença da música no cinema

Publicações

LEAL, Wills. A Aventura do Amor Atonal. : , .
______. A Saga de um Grande Clube. João Pessoa, JB, 1997.
______. Cinema & Província. : , 1967.
______. Cinema Paraibano. : , .
______. Discursos cinematográficos dos paraibanos. João Pessoa: A União, 1992.
______. Era feliz e não sabia. João Pessoa: Arpoador, 2000.
______. Iate nos seus 25 anos. João Pessoa: JB, 1997.
______. Introdução ao Cinema Nordestino. : , .
______. Jamais deletado. : , 2011.
______. Primeiro de Abril Antes e depois de 1964. : , .
______. Memorial da Festa das Neves. João Pessoa: JB, 1995.
______. No tempo do lança-perfume. João Pessoa: A União, 1996
______. O Cinema na/da Paraíba. : , 2007.
______. O Discurso Cinematográficos dos Paraibanos. : 1977/1986.
______. O Nordeste no Cinema. João Pessoa: UFPB, 1982.
______. O real e virtual no turismo da Paraíba. João Pessoa: A União, 2001.
______. Verbo e Imagem. : , .

Bibliografia

Internet:

DIÁRIO DA REGIÃO. Morre o crítico de cinema paraibano Willis Leal. https://www.diariodaregiao.com.br/cultura/2020/05/1193072-morre-o-critico-de-cinema-paraibano-willis-leal.html
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Wills Leal. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/wills-leal/
PORTAL PARAÍBA. Morre em João Pessoa Wills Leal, jornalista e cineasta paraibano. https://paraiba.com.br/2020/05/07/morre-em-joao-pessoa-wills-leal-jornalista-e-cineasta-paraibano/. Acesso em: 07 de maio de 2020.
ROSÁRIO, Maria do Rosário. http://revistadecinema.com.br/2020/05/morre-wills-leal-o-criador-da-roliude-nordestina/

http://portalcorreio.uol.com.br/entretenimento/entretenimento/eventos/2014/04/01/

NWS,237960,62,247,ENTRETENIMENTO,2192-PARAIBANO-PRESO-DITADURA-MILITAR-LANCA-LIVRO-SOBRE-GOLPE-1964.aspx

http://www.agencia.ufpb.br/ver.php?pk_noticia=786

http://www.clickpb.com.br/noticias/cotidiano/historiador-compara-os-carnavais-de-ontem-e-de-hoje/?fb_comment_id=10150810496124698_26063028#f18bf9ddd

http://www.osebocultural.com/galeria/8,,wills-leal/galeria.html

https://www.google.com/amp/s/g1.globo.com/google/amp/pb/paraiba/noticia/2020/05/07/jornalista-e-escritor-wills-leal-morre-aos-83-anos-em-joao-pessoa.ghtml

Home – Eleições

https://www.festaruanda.com.br/noticias/willis-leal-e-homenageado-na-noite-de-abertura-do-fest-aruanda

Trade paraibano lamenta morte de Wills Leal e governador enaltece trajetória do jornalista

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Wills Leal (1936-2020)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.