fbpx

Wilza Carla (1935-2011)

Biografia

Wilza Carla foi uma ex-vedete, atriz e humorista brasileira nascida na cidade de Niterói (RJ) no dia 29 de outubro de 1935. Formada em Direito, nunca exerceu a profissão, abandonando uma promissora carreira pela vida artística.

Como atriz, Wilza Carla tem uma filmografia das mais extensas do Cinema Nacional, em que figuram quase 40 filmes, que vai da metade da década de 50 até a metade dos anos 80.

Começou a carreira como vedete do teatro de revista, época em que tinha um corpo escultural. Sua estréia no cinema se deu em 1955, no filme Chico Viola não Morreu, iniciando uma carreira de vários títulos, no veículo que se tornou o seu preferido. Acabou se identificando tanto que faz muitos filmes, destacando-se Ipanema Toda Nua (1972), As Massagistas Profissionais (1976) e Mulher de Proveta (1984), sempre explorando sua comicidade e seu físico avantajado, no gênero pornochanchada.

Na televisão, suas passagens mais importantes foram nas novelas Assim na Terra como no Céu (1970), Jerônimo, o Herói do Sertão (1972), Saramandaia (1976), novela-marco de Dias Gomes, seu melhor momento, como a Dona Redonda, Cambalacho (1986), A História de Ana Raio e Zé Trovão (1990) e na minissérie O Portador (1991). Além de ser jurada dos programas Sílvio Santos e Raul Gil.

Wilza Carla desenvolveu sua trajetória cinematográfica no período que vai das chanchadas, passando pelas pornochanchadas – que usavam sua gordura inclusive como mote cômico – e com participações em filmes fundamentais para o Cinema Nacional, como Macunaíma e Guerra Conjugal – ambos de Joaquim Pedro de Andrade, e Os Herdeiros, de Carlos Diegues.

Além dos filmes citados, na produção da Boca do Lixo e suas pornochanchadas – grande parte de seus filmes – atua em marcos como Ainda Agarro Essa Vizinha, de Pedro Carlos Rovai. Participa também em filmes de nomes como Luiz de Barros, Carlos Hugo Christensen, Reginaldo Farias, Elyseu Visconti, J. B. Tanko e Carlos Coimbra.

Wilza Carla ficou muito popular como jurada de programas de calouros em especial o de Sílvio Santos.

Depois disso, afasta-se da carreira artística, pois os sérios problemas de saúde causados principalmente por diabetes, a impedem de trabalhar.

Na década de 90, sérios problemas de saúde, agravados pela obesidade, fizeram com que a atriz ficasse afastada da carreira, tendo dificuldades de locomoção e de memória. Wilza Carla sofreu graves problemas de saúde por causa da diabetes e se afasta da carreira artística. A atriz tem belos site e fotolog homenagens, assinados por Danilo e Alisson.

A ex-vedete, atriz e humorista Wilza Carla morreu no dia 18 de junho de 2011 em São Paulo, aos 75 anos. Seu corpo foi sepultado três dias depois no Cemitério do Caju, no Rio de Janeiro.

Filmografia

1988 :: Prisioneiro do Rio (Wiezien Rio) (Prisioner of Rio) (Brasil/Polônia/Suíça)
1984 :: Padre Pedro e a Revolta das Crianças
1984 :: Clube do Sexo
1984 :: Bacanal na Ilha da Fantasia
1984 :: Made in Brazil (Episódio: Fim de Semana Impossível)
1984 :: Mulher de Proveta
1983 :: Põe Devagar… Bem Devagarinho
1983 :: Vai e Vem à Brasileira
1982 :: O Rei da Boca
1982 :: Sexo às Avessas
1982 :: Os Campeões
1979 :: Loucuras Cariocas (Loucuras, o Bumbum de Ouro ou Funerária Kung-Fu)
1979 :: O Menino Arco-Íris (A Infância de Jesus Cristo)
1978 :: Seu Florindo e Suas Duas Mulheres
1977 :: Costinha e o King Mong
1977 :: As Eróticas Profissionais
1977 :: Será que ela aguenta?
1977 :: Chuva Crioula
1977 :: Os Pastores da Noite (Otália da Bahia) (França/Brasil)
1977 :: Socorro! Eu Não Quero Morrer Virgem
1976 :: O Vampiro de Copacabana
1976 :: A Ilha das Cangaceiras Virgens
1976 :: As Massagistas Profissionais
1976 :: As loucuras de um sedutor
1975 :: Com as calças na mão
1975 :: Guerra Conjugal
1975 :: Um Soutien Para o Papai
1974 :: Ainda Agarro Esta Vizinha
1974 :: Mais ou Menos Virgem
1973 :: Salve-se Quem Puder (Rally da Juventude)
1972 :: Ipanema Toda Nua
1971 :: Cômicos e Mais Cômicos
1971 :: Os Herdeiros
1970 :: Os Monstros de Babaloo
1970 :: Pra Quem Fica, Tchau!
1970 :: O Impossível Acontece (Episódio: O Reimplante)
1969 :: Macunaíma
1969 :: O Rei da Pilantragem
1968 :: Palmeiras Negras (Svarta Palmkronor) (Suécia)
1968 :: As Aventuras de Chico Valente
1958 :: Minha Sogra é da Policia
1957 :: Tem Boi na Linha
1956 :: Genival é de Morte!
1956 :: Leonora dos sete mares
1955 :: Pani, Amore e Cartnavale
1955 :: Trabalhou Bem, Genival
1955 :: Chico Viola Não Morreu (Brasil/Argentina)

Bibliografia

Fontes de Referência

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Wilza Carla. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/wilza-carla/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

2 comentários sobre “Wilza Carla (1935-2011)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.