fbpx

Wladimir Kozák (1897-1979)

Biografia

Wladimir Kozák foi um diretor de fotografia nascido em Bystrice Pod Hostynem, na Tchecoslováquia, em 19 de abril de 1897.

Técnico em eletromecânica, mas profundamente apaixonado por cinema, Kozák chega ao Brasil em 1924, aos 27 anos de idade. Depois de passar por vários Estados, radica-se em Curitiba em 1938, para trabalhar na Companhia Força e Luz do Paraná.

Profundamente interessado pela vidas dos nossos indígenas, paralelamente ao seu trabalho inicia suas pesquisas nessa área. Passa a fazer diversos registros sobre o patrimônio ambiental paranaense. Seu primeiro registro fílmico conhecido é o documentário Cavalhada de Palmas, em 1950. Fazendo tudo sozinho, sempre com recursos próprios, entre 1950 e 1967, registra aspectos de suma importância da vida dos índios paranaenses. Em 1954 realiza seu único longa, Índios Xeta na Serra dos Dourados, em parceria com o antropólogo José Loureiro Fernandes, hoje considerado um clássico do documentário étnico brasileiro. Depois passa a trabalhar como diretor da seção de cinema educativo do Museu Paranaense, além de técnico cinematográfico na UFPR. Não teve em vida o reconhecimento que merecia.

Morreu esquecido e pobre em 03 de janeiro de 1979, em Curitiba, aos 81 anos de idade.

Fernando Severo realizou o documentário O Mundo Perdido de Kozák, em 1988, em sua homenagem.

Filmografia

1950 – Cavalhada de Palmas
1951 – Índios Kaingang/Palmas
1951 – Congada da Lapa
1952 – Índios do Alto Xingu
1953 – Artesanato no Litoral do Paraná
1953 – Comemoração do Centenário do Paraná
1954 – Índios Kaingang/Chapecó
1954 – Índios Carajás
1954 – Índios Xeta na Serra dos Dourados (LM)
1955 – Caiapós
1956 – Funeral Bororó
1956 – Santa Felicidade
1956 – Cestaria, Carroças, Ferreiro, Vinha
1958 – Inauguração da Reitoria da UFPR
1967 – Botocudos.

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Dicionário de Fotógrafos do Cinema Brasileiro. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2011.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.