fbpx

Zaatari (2019)

O cenário de Zaatari – Memórias do Labirinto é um dos maiores campos de refugiados da Guerra da Síria, localizado no deserto de Mafraq, na fronteira da Síria com a Jordânia, desde 2012. Em apenas quatro anos, Zaatari tornou-se a terceira cidade do país e o quinto maior centro em transações financeiras. O documentário é focado no lado humano e busca entender como mais de 80 mil refugiados tentam reconstruir suas vidas, superando os traumas da guerra. O filme registra o dia a dia de personagens que se esforçam para manter vivas suas memórias de casa. A ideia é mostrar como essas vidas estão sendo refeitas.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Zaatari (2019) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Paschoal Samora
RoteiroLea-Marie Korner, Ana Cláudia Streva, Joana Ventura e Paschoal Samora
ArgumentoAna Cláudia Streva, Ricardo Vargas
PesquisaTimea Fauszt
Direção de FotografiaThomas Keller
ProduçãoChristian Beetz, Fernando de Souza Dias, Mauricio de Souza Dias, Ana Cláudia Streva
Coordenação de ConteúdoLea-Marie Korner
ArtesAudiovisualismo
Desenho de Som e MixagemDiogo Poças, Cauê Custódio, Bruno Yudi
Música OriginalEstúdio Plugin
Coprodução: Grifa Filmes, 2DF, Globo Filmes, GloboNews, Canal Brasil

Brasil | Documentário | cor | 90 min. | 2019

Bibliografia

Livros:

Internet:

GLOBO FILMES. Zaatari. Disponível no endereço: https://globofilmes.globo.com/filme/zaatari/
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Zaatari. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/zaatari/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.