fbpx

Ziraldo

Biografia

Ziraldo Alves Pinto, em arte conhecido como Ziraldo, é um cartunista, chargista, pintor, dramaturgo, escritor, cronista, publicitário, colunista e jornalista brasileiro nascido na cidade mineira de Caratinga (MG) no dia 24 de outubro de 1932. É o criador de personagens famosos, como o Menino Maluquinho, e, atualmente, um dos mais conhecidos e aclamados escritores infantis do Brasil.

Irmão do também desenhista, cartunista, jornalista e escritor Zélio Alves Pinto e também de Ziralzi Alves Pinto, seu grande amigo, Ziraldo Alves Pinto passou toda a infância em Caratinga. Começou a desenhar desde menino. Com apenas 6 anos tem um desenho publicado no jornal Folha de Minas. Estudou dois anos no Rio de Janeiro e voltou a Caratinga, tendo concluído o módulo científico (atual ensino médio). Formou-se em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em 1957. Seu talento no desenho já se manifestava desde essa época, tendo publicado um desenho no jornal Folha de Minas com apenas seis anos de idade.

Começou a trabalhar no Jornal Folha de Minas, de Belo Horizonte, em 1954, com uma coluna dedicada ao humor. Ganhou notoriedade nacional ao se estabelecer na revista O Cruzeiro em 1957 e, posteriormente, no Jornal do Brasil, em 1963. Seus personagens (entre eles Jeremias, o Bom; a Supermãe e o Mirinho) conquistaram os leitores.

Em 1960, lançou a primeira revista em quadrinhos brasileira feita por um só autor, Turma do Pererê, que também foi a primeira história em quadrinhos a cores totalmente produzida no Brasil. Embora tenha alcançado uma das maiores tiragens da época, Turma do Pererê foi cancelada em 1964, logo após o início do regime militar no Brasil.

Foi fundador e, posteriormente, diretor do periódico O Pasquim, um tabloide de oposição ao regime militar, uma das prováveis razões de sua prisão, ocorrida um dia após a promulgação do AI-5.

Nos anos 70, a Editora Abril relançou a revista, desta vez, porém, sem o sucesso inicial. Em 1969, Ziraldo recebeu o Nobel Internacional de Humor no 32º Salão Internacional de Caricaturas de Bruxelas e também o Prêmio Merghantealler, principal premiação da imprensa livre da América Latina.

Como escritor, escreveu livros infantis, com a incrível marca de 70 títulos lançados, todos sucesso absoluto de vendas. Em 1980, lançou o livro O Menino Maluquinho, seu maior sucesso editorial com mais de três milhões de exemplares vendidos, em 116 edições (desde 1980), o qual foi mais tarde adaptado na televisão e no cinema. Seu principal personagem, virou filme em 1995, com grande sucesso junto ao público infantil, e série televisiva depois.

Incansável, Ziraldo ainda hoje colabora em diversas publicações, e está sempre envolvido em novas iniciativas. Uma das mais recentes foi a Revista Bundas, uma publicação de humor sobre o cotidiano que faz uma brincadeira com a revista “Caras”, esta, voltada para o dia-a-dia de festas e ostentação da elite brasileira. Ziraldo foi também o fundador da revista “A Palavra” em 1999.

As ilustrações de Ziraldo já figuraram em publicações internacionais como as revistas Private Eye da Inglaterra, Plexus da França e Mad, dos Estados Unidos. Como designer, foi criador de diversos logotipos importantes, entre eles o do Ministério da Cultura.

Ziraldo é pai da cineasta Daniela Thomas e do músico e compositor Antonio Pinto.

Como ator, Ziraldo participou de alguns filmes, como O Menino de Calça Branca (1961) e Garota de Ipanema (1967).

Desde o ano de 2000, participa da Oficina do Texto, maior iniciativa de coautoria de livros do Mundo, Criada por Samuel Ferrari Lago então diretor do Portal Educacional, onde já ilustrou histórias que ganharam textos de alunos de escolas do Brasil todo, totalizando aproximadamente 1 milhão de diferentes obras editadas em coautoria com igual número de crianças.

No ano de 2013, o cartunista já tinha sofrido um infarto leve em Frankfurt, na Alemanha, e foi submetido a um cateterismo e posteriormente ao procedimento, na época, internado novamente para exames após passar mal.

No dia 03 de outubro de 2016 recebeu a Medalha de Honra da Universidade Federal de Minas Gerais em cerimônia presidia pelo reitor Jaime Arturo Ramírez no auditório da reitoria da universidade.

Em 2018, o jornalista passou a ocupar o cargo de Diretor de Arte do Jornal do Brasil, que foi relançado na versão impressa no dia 25 de fevereiro.

Na tarde do dia 26 de setembro de 2018, o cartunista Ziraldo foi internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro, em estado grave após sofrer um AVC hemorrágico. Ele ficou internado até 23 de outubro, quando recebeu alta.

Filmografia

:: Filmografia como Ele Mesmo ::

2015 :: Não estávamos ali para fazer amigos
2011 :: Ele era um menino feliz – O Menino Maluquinho, 30 anos depois
2011 :: Malditos Cartunistas
2009 :: Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Dei
2009 :: Caro Francis
2003 :: Banda de Ipanema – Folia de Albino

:: Filmografia como Ator ::

2011 :: Uma Professora Muito Maluquinha
1998 :: Menino Maluquinho 2: A Aventura
1998 :: Referência (CM)
1995 :: Menino Maluquinho – O Filme
1970 :: Quatro Contra o Mundo (O Menino da Calça Branca)
1967 :: Garota de Ipanema
1964 :: Esse Mundo é Meu
1961 :: O Menino da Calça Branca (CM)

:: Filmografia como Roteirista ::

2011 :: Uma Professora Muito Maluquinha
1995 :: Menino Maluquinho – O Filme

:: Filmografia como Compositor ::

1998 :: Menino Maluquinho 2: A Aventura

Bibliografia

Links de Referência

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.
ZIRALDO. Menino Maluquinho. : , 1980.
______. Uma Professora Muito Maluquinha. São Paulo: Melhoramentos, 1995.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Ziraldo. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/ziraldo/
JB. Ziraldo é internado em estado grave após sofrer AVC. Disponível no endereço: https://www.jb.com.br/cultura/2018/09/941585-ziraldo-e-internado-em-estado-grave-apos-sofrer-avc.html
WIKIPEDIA. Ziraldo. Disponível no endereço: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ziraldo
ZIRALDO – SITE OFICIAL. Disponível no endereço: http://www.ziraldo.com.br/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]